Paulistão: João Paulo vira chave após derrota da Ponte Preta e foca no Palmeiras

Por reabilitação, Macaca mede forças com o Verdão no sábado, em duelo de torcida única no Majestoso

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 06 (AFI) - João Paulo já virou a página na Ponte Preta. Após derrota diante da Internacional de Limeira, na última segunda-feira, o meio-campista pede foco exclusivo no Palmeiras, oponente de sábado, no Estádio Moisés Lucarelli.

O jogador, autor de duas assistências no Campeonato Paulista, espera que a Macaca possa fazer do Verdão mais uma vítima da capital.

"Na verdade, nós temos que pensar no Palmeiras. Sabemos que é um jogo extremamente difícil e complicado, mas estamos bem focados. Todos sabem o que queremos na competição", declarou, em entrevista coletiva.

João Paulo já tem duas assistências pela Ponte em 2020 - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
João Paulo já tem duas assistências pela Ponte em 2020
"Vamos procurar trabalhar o resto da semana para poder fazer grande jogo no sábado e, com fé em Deus, conseguir mais uma vitória dentro de casa e dar alegria à nossa torcida", emendou.

INDIFERENTE

O fato de o Verdão também estar em início de pré-temporada e ainda sem conseguir atuar no melhor nível técnico não convence João Paulo de que a Alvinegra terá maior facilidade no Majestoso.

"Não vejo vantagem em enfrentar os clubes da capital no começo do campeonato. Se for olhar, nós também estamos montando agora. Vários jogadores chegaram no início do ano. Fez um mês agora no dia 03 de fevereiro. Assim como eles estão montando lá, nós estamos montando", analisou.

"Sempre esperamos fazer o melhor e focados para conseguir a vitória. Sei que no futebol existe três resultados: vitória, derrota ou empate. O nosso foco é sempre a vitória. Nós deixamos um pouco de lado os outros resultados, porque a vitória é o que nos interessa", finalizou.

PANORAMA

Com 50% de aproveitamento em quatro rodadas – duas vitórias e duas derrotas -, a Ponte Preta soma seis pontos e ocupa a vice-liderança do Grupo A, com um de desvantagem em Santos e quatro acima do Oeste, terceiro colocado