Série B: Ponte Preta confirma que jogo contra o Fortaleza vai ter torcida

A Macaca foi punida na última quarta-feira pelo STJD com a perda de dois mandos de campo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - Agora é oficial. O reencontro da Ponte Preta com a sua torcida no Estádio Moisés Lucarelli será às 18 horas deste domingo, contra o Fortaleza, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo corria o risco de ser realizado longe de Campinas porque a Macaca foi punida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de dois mandos de campo.

A partida foi mantida no Moisés Lucarelli porque o STJD precisa comunicar o departamento de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) da punição para que os novos locais da partida sejam definidos. Como não haveria tempo hábil para isso até o duelo contra o Fortaleza, os jogos contra Juventude e Avaí deverão ser realizados a uma distância mínima de 100 quilômetros de Campinas.

O reencontro da Ponte Preta com a torcida no Moisés Lucarelli está confirmado para domingo
O reencontro da Ponte Preta com a torcida no Moisés Lucarelli está confirmado para domingo

"O STJD ainda precisa oficializar a decisão formalmente à Diretoria de Competições para que eles nos comuniquem. Após a comunicação oficial, já tem que ser definido o estádio, em respeito aos clubes que terão que ter suas logísticas acertas e ao torcedor que terá que se planejar, além dos profissionais que irão trabalhar. Ou seja, a partida de domingo vai acontecer normalmente no Majestoso", explicou o advogado da Ponte Preta, João Felipe Artioli.

Assim, as vendas dos ingressos que começaram na última quarta-feira foram retomadas já nesta quinta e a expectativa é de casa cheia, pois a diretoria fez promoção: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Além da saudade que o torcedor estava de comparecer ao Moisés Lucarelli - pouco mais de dois meses -, a Macaca vem vivendo um bom momento na Série B e pode colocar no G4 em caso de vitória.

RECURSO MANTIDO
O recurso que a Ponte Preta deu entrada no STJD na manhã desta quinta-feira pedindo a reversão da sentença está mantido, mas a tendência é que o clube tenha que cumprir a perda desses dois mandos de campo. Apesar do departamento jurídico acreditar que a punição é injusta, a Macaca tem sua parcela de culpa porque demorou para tomar uma iniciativa.

“No nosso entender, a Ponte não pode ser responsabilizada por uma ação que partiu de fora do estádio durante uma partida sem torcida. O clube não poderia estar vigiando as ruas do entorno para impedir vandalismos ou identificar vândalos, uma vez que não tem poder de polícia nem mesmo dentro do estádio, onde esta tarefa também é executada pela Polícia Militar", afirmou o Artioli.

O MOTIVO DA PUNIÇÃO!
Na última quarta-feira, a Ponte Preta foi punida pelo STJD com a perda de dois mandos de campo e uma multa de R$ 10 mil devido a incidentes no jogo contra o Oeste, no dia 2 de julho, pela oitava rodada da Série B. Logo depois que a Macaca fez o gol de empate, um rojão foi atirado do lado de fora do estádio Moisés Lucarelli e caiu dentro do gramado, próximo a um dos bandeirinhas. O árbitro capixaba Dyorgines José Padovani de Andrade relatou na súmula.

 
 
" />