Noroeste x Nacional - Com tudo aberto, Norusca e Naça fazem 'duelo de vida ou morte'

Isso porque, após o empate sem gols na rodada de ida, quem sair vitorioso, avança no Paulista A3

por Agência Futebol Interior

Bauru, SP, 23 (AFI) - No único duelo que não há vantagem para nenhum dos dois lados, afinal empataram o jogo de ida pelo placar de 0 a 0, Noroeste e Nacional fazem neste sábado (24), às 17h30, um duelo de 'vida ou morte' na rodada de volta das quartas de final do Campeonato Paulista da Série A3. O Norusca, que teve a melhor campanha no estadual, joga em casa, no Estádio Alfredo Castilho, e tenta fazer valer o favoritismo.

Uma vitória magra para qualquer um dos dois lados, classifica a equipe vitoriosa. Outro empate, seja ele por qualquer placar de igualdade, levará a decisão para os pênaltis. Por tanto neste duelo, quem vencer, avança. A partida irá definir o segundo semifinalista do Paulista A3.

NOROESTE
Para o duelo, o técnico Luiz Carlos Martins tem dúvidas para armar o time titular do Noroeste para essa decisão. Já que tem a sua disposição o meia Yamada, camisa 10 do time em todos os jogos antes da pausa da pandemia, e o atacante Leléco tem entrado muito bem nos jogos, “rabiscando” a defesa adversária usando velocidade e o recurso do drible, e por isso também pleiteia uma vaga entre os 11 que começam jogando. O ponta, inclusive, falou sobre esse importante jogo.

Noroeste e Nacional se enfrentam nas quartas de final do Paulista A3 (Foto: Bruno Freitas/Noroeste)
Noroeste e Nacional se enfrentam nas quartas de final do Paulista A3 (Foto: Bruno Freitas/Noroeste)
“Sabemos que o grau de dificuldade aumentou e aumentamos a nossa vontade de querer vencer e avançar. O empate fora não foi um mal resultado. Nós tivemos chances, assim como eles também tiveram. Agora é manter o foco para o jogo. O impacto de jogar sem torcida é grande, sabemos que a nossa casa iria estar cheia, com os torcedores nos apoiando. Mas reunimos forças no elenco porque o jogo será difícil. É entrar em campo atento, não errar e aproveitar as oportunidades”, comentou o jogador.

Sem desfalques por covid, já que todo os membros do grupo - jogadores, comissão e funcionários - receberam resultados negativos nos testes RT-PCR, o técnico Luiz Carlos Martins também falou sobre a dificuldade e a qualidade do Nacional.

“Vai ser jogo difícil, jogo duro. Tem que ter muito equilíbrio. O emocional tem que estar legal e acreditarmos na vitória”, disse o comandante da Locomotiva Vermelha, que não revela a escalação e nem os 18 que vão para o jogo.

NACIONAL
Para a partida, o técnico do Nacional, Tuca Guimarães irá contar com o retorno do lateral-esquerdo Ricardinho, que cumpriu suspensão automatica pelo terceiro cartão amarelo na rodada passada e volta a ficar a disposição. Inclusive, retorna ao time titular. No mais, o comandante não deve fazer outras mudanças na base que vem jogando. Ele falou sobre as dificuldades do duelo.

"Estamos indo rumo a um jogo dificílimo, a campanha do Noroeste fala por si só. Vamos respeitar nosso adversário, mas nosso foco é sair com a classificação de Bauru", disse o comandante em entrevista exclusiva ao Portal Futebol Interior.

Ficha Técnica

Fase
Quartas de Final
Rodada
2ª rodada
Data
24/10/2020
Horário
17h30
Local
Alfredo de Castilho - Bauru (SP)
Árbitro
Ilbert Estevam da Silva

Renda
--
Assistentes
Alex Ang Ribeiro e Osvaldo Apipe de Medeiros Filho

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Noroeste: Jean Pierre
Nacional: Gabriel Vieira, Léo Machado

Cartões Vermelhos
Nacional: Lucas Campos
Gols
Noroeste: Leleco 3' 2T
Nacional: Wellington 20' 1T
Noroeste
Pablo;
Blade, Jean Pierre, Guilheme Teixeira e Renan (Denilton);
Maranhão (Carlinhos), Jonatas Paulista, Pimenta e Richarlyson (Yamada);
Pedro Felipe e Fidel (Leleco).
Técnico: Luiz Carlos Martins
Nacional
Douglas Lima;
Léo Machado, Gabriel, Diego Chiclete e Matheus Barros;
André Rocha (Gabriel Vieira), Wellington, Teta e Guilherme Lobo (Vinicius);
Tavares e Lucas Campos (Reinaldo).
Técnico: Tuca Guimarães