Seleção da A3 vem com meio campo bem postado e zaga artilheira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - Em uma rodada com três jogos terminados por 0 a 0, além da baixa média de gols, a escalação da Seleção da Série A3 do Campeonato Paulista com dois volantes no meio-de-campo não é surpresa. Quem se destacou também foram os zagueiros Fernando Voltolini e Juan, do XV de Piracicaba e do XV de Jaú, respectivamente. Ambos deixaram sua marca nesta rodada.

Veja também:
Confira o noticiário completo da Série A3


Com dois cabeças-de-área e dois bons armadores municiando o ataque, o time desta rodada aposta nos contra-ataques, com os rápidos Romarinho e Fabinho no comando do ataque. No comando da equipe, está o técnico do Batatais, Emerson Alcântara (foto), que conseguiu uma bela vitória por 1 a 0 diante do poderoso Red Bull, líder da Série A3.

Confira os melhores da rodada:

Goleiro: Rafael (Bandeirante)
- Instransponível durante quase toda a partida contra o Atlético Araçatuba, Rafael se destacou com grandes defesas, além de ter defendido um pênalti. Mesmo sendo batido nos momentos finais do jogo, o goleiro do Bandeirante se mostrou uma muralha ao longo dos 90 minutos.

Lateral-direito: Juninho (Atlético Araçatuba) - Infernizou a defesa do Bandeirante o jogo inteiro na vitória de sua equipe diante do time de Birigui. Sempre perigoso na ponta-direita, Juninho foi bem à frente e fez vários cruzamentos perigosos, além de ter finalizado com perigo quando resolveu tentar a sorte.

Zagueiro: Fernando Voltolini (XV de Piracicaba) - Tem atuado na sobra no trio de três zagueiros que Moises Eguert tem escalado. Jogou com muita segurança e seriedade na partida contra a Santista. Além disso, foi premiado com um gol.

Zagueiro: Juan (XV de Jaú) - Marcou o gol que abriu a vitória diante o Taubaté neste sábado. Além disto, não deu espaço para os atacantes do Taubaté levarem perigo ao goleiro Rogério, do XV de Jaú.

Lateral-esquerdo: Éder (XV de Piracicaba) - Válvula de escape do ataque do XV de Piracicaba. De seus pés sairam os cruzamentos mais perigosos. Ainda deu assistência para o segundo gol do Nhô Quim na vitória sobre a Portuguesa Santista.

Volante: Ale (Penapolense) - Depois que entrou em campo, o Penapolense foi outro time. Deu dinamica e movimentação ao meio-campo do CAP. Além disto, chutou um bola na trave e perdeu um gol cara-cara com o goleiro Borges do Palmeiras-B.

Volante: Béle (Comercial) - O volante foi o dono do meio-campo do Bafo no empate com o Força. Além de marcar com qualidade, ainda distribuiu as bolas e auxiliou na armação das jogadas. Foi dele o gol do Comercial, num chute de fora da área.

Meia: Fabinho (XV de Jaú) - Entrou numa fogueira, sua equipe estava com um jogador a menos e tomando pressão do adversário. Porém, não se apequenou e puxou dois contra-ataques que resultaram nos gols que garantiram a vitória do XV de Jaú.

Meia: Nádson (Palmeiras-B) - Foi o maestro do meio-campo do Palmeiras-B. Apesar de seu time ter perdido uma infinidade de gols. Foi dos seus pés que saiu o tento que garantiu a vice-liderança para o Verdinho.

Atacante: Paulinho (XV de Piracicaba) - É muito rápido e esperto. Aproveitou duas bobeiras da zaga da Portuguesa Santista para deixar dois gols. Decidiu a partida para o XV nesta rodada.

Atacante: Romarinho (Atlético Araçatuba) - Levou perigo durante toda a partida diante do Bandeirante, chegando ao gol com intento. Apesar de ter desperdiçado um pênalti no confronto, defendido por Rafael, Romarinho nunca desistiu, e aos 47 da etapa complementar, foi premiado com um golaço que deu a vitória à equipe de Araçatuba.

Técnico: Émerson Alcântara (Batatais) - Após o belo começo na A3 do Paulista, o Batatais caiu de produção e caiu fora do G8. Mesmo assim, Alcântara manteve o pulso firme e conseguiu duas vitórias nas últimas duas rodadas, a última, diante do líder Red Bull. Se continuar neste ritmo, o Batatais é nome certo na fase final da A3.