Paulista A2: Em busca do bicampeonato, São Bento desafia tabu para vencer São Caetano

A volta acontece no feriado de segunda-feira, dia 12 de outubro, às 17 horas, no Estádio Municipal Anacleto Campanella

por Luiz Carlos Éden

Sorocaba, SP, 09 (AFI) - Em duelo de Azulões, São Bento e São Caetano, já garantidos no Paulistão de 2021, medirão forças na tarde desta sexta-feira (09), às 15 horas, no Estádio Municipal Walter Ribeiro, o CIC, em Sorocaba, partida de ida da final do Campeonato Paulista da Série A2, a segunda divisão do estadual. A volta acontece no feriado de segunda-feira, dia 12 de outubro, às 17 horas, no Estádio Municipal Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, no ABC paulista.

Se o placar agregado persistir após 180 minutos de combate, o campeão será conhecido após cobranças de pênaltis. Lembrando que na fase semifinal o Bentão eliminou o São Bernardo, enquanto que o time sul-caetanense despachou o XV de Piracicaba.

 Em busca do bicampeonato, São Bento desafia tabu para vencer São Caetano
Em busca do bicampeonato, São Bento desafia tabu para vencer São Caetano

OS NÚMEROS

Este será o 21º confronto oficial entre São Bento e São Caetano, desde o primeiro em 1992.

O retrospecto é amplamente favorável ao Pequeno Gigante, que tem mais que o triplo das vitórias do Alviceleste sorocabano.

São dez vitórias da equipe do ABC, contra apenas três triunfos do Bentão, além de sete duelos que terminaram empatados.

O Azulão abecedista também leva grande vantagem em gols marcados; 34 contra 18 do São Bento.

TABU
O Bentão tem umúnico título pela Série A2, o de campeão paulista da Primeira Divisão de 1962, quando o time de Sorocaba conquistou seu primeiro acesso à elite. Já o São Caetano levantou o caneco da principal divisão de acessoem duas oportunidades; 2000 e 2017.

Visando o bicampeonato, o São Bento entrará em campo buscando vitória que não acontece há 14 anos. O último triunfo beneditino sobre o Pequeno Gigante foi pelo Paulistão de 2006, vitória de virada, por 3 a 2, gols de Genílson e Nena (2), jogo realizado em Sorocaba, no Walter Ribeiro.

No encontro mais recente entre eles, que aconteceu em 24 de fevereiro deste ano, com dois gols de Bruno Moraes e um de Alex Reinaldo, o São Caetano bateu o São Bento (que era dirigido por Léo Condé) por 3 a 1, em pleno CIC, em Sorocaba, jogo válido pela oitava rodada da primeira fase da competição atual. Ruan fez o tento único do time de Sorocaba.

ALAVANCADA HISTÓRICA E ACESSO
Após essa derrota em casa para o São Caetano, o Bentão dispensou Léo Condé e passou a ser comandado pelo técnico Edson Vieira, que assumiu o time na 15ª e penúltima posição da tabela, com apenas seis pontos.

Desde então, foram sete vitórias consecutivas, que fizeram o Alviceleste sorocabano terminar a primeira fase da competição, em 4º lugar, com 27 pontos.

Nas quartas de final, o São Bento passou pelo Taubaté nos pênaltis (8 a 7 ), após dois empates; 0 a 0, em Taubaté e 1 a 1, em Sorocaba. Nas semifinais, o Bentão garantiu acesso à primeira divisão passando pelo São Bernardo FC, com vitória por 3 a 0, em Sorocaba e derrota por 2 a 0, em São Bernardo do Campo, sendo este revés o único da equipe na Série A2 sob o comando de Edson Vieira.