Linense 3 x 1 Marília - Vitória garante Elefante entre os líderes

por Agência Futebol Interior

Lins, SP, 17 (AFI) - Com dois gols do atacante Fausto, artilheiro do Campeonato Paulista da Série A2, agora, com 12 gols, o Linense venceu o Marília , por 3 a 1, de virada, na noite desta quarta-feira, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins. O duelo foi válido pela décima rodada da competição.

Veja também:
União São João 2 x 2 Guaratinguetá - Ainda está na liderança

Com a vitória, o Elefante continua entre os primeiros colocados da competição, com 23 pontos, um a menos que o líder União São João. Enquanto isso, o MAC saiu do G8 e segue com 13 pontos.

Apesar de o Linense começar o jogo com força total, quem abriu o placar foi o Marília, com Leandro Love aos 16 minutos. Com um a mais em campo o time da casa virou a partida com Fausto aos 36 minutos, de cabeça e Rocha aos 38 minutos.

No segundo tempo o MAC perdeu mais um jogador, e Fausto fez o terceiro gol, garantindo a vitória e a terceira colocação.

A mil por hora!
O Linense começou o jogo a mil por hora, fazendo pressão no Marília. Aos 2 minutos chegou a abrir o placar, mas o juíz marcou impedimento. No lance seguinte, o goleiro Fernando saiu errado, o zagueiro Luis Carlos, para não deixar que o time da casa abrisse o placar, fez falta em Fausto. Como era o último homem, o árbitro não perdoou e o expulso.

O Elefante da Noroeste chegou com perigo, aos 11 minutos. Guaru carregou a bola pela esquerda e arriscou um chute. A bola passou perto do gol, assustando o goleiro do Marília.

No entanto, quem abriu o placar, mesmo com um a menos, foi o Marília, aos 16 minutos. Em bola lançada, para o artilheiro Leandro Love, o atacante tirou dos zagueiros e de Paulo Musse e abriu o placar.

Só deu Linense
Aos 18 minutos, o Linense teve outro gol impedido, e novamente com Rocha, para a tristeza da torcida em Lins. O time da casa continuou fazendo pressão no MAC, e Fausto, aos 26 minutos, quase empatou de cabeça.

Aos 36 minutos, o CAL finalmente balançou as redes do gol do Marília. Em alta cobrada, o artilheiro Fausto fez as pazes com o gol e empatou de cabeça. Dois minutos mais tarde, o zagueiro Rocha, que havia tido dois gols anulados por impedimento, entrou na área como um centroavante. Tirou do goleiro com a coxa, e mandou a bola para dentro do gol, virando a partida.

Voltou melhor
No segundo tempo o Linense voltou melhor, mas não com tanta vontade quanto no primeiro tempo. Aos oito minutos, Guaru roubou a bola no meio-campo, foi até a entrada da área e arriscou, obrigando Fernando fazer grande defesa.

Aos 12 minutos, após uma falha da defesa do Marília, Bilinha achou Pereira. O atacante não soube aproveitar a oportunidade, chutou por cima do gol de Fernando. Aos 14 minutos, quase o empate do Marília. Paulo Musse salvou o Linense, em defesa de dois lances, depois de um chute firme de Rodrigo Alemão.

Matou o jogo
Com dois jogadores a mais, o Linense praticamente comandou o segundo tempo. Aos 30 minutos o CAL chegou ao terceiro gol. Canindé cobrou escanteio fechado e Fausto só escorou de cabeça, matando o jogo. Cambalhota, em belo chute, acertou a trave de Fernando, aos 36 minutos.

Em contra-ataque do Linense, Alessandro Cambalhota, que entrou bem na partida, aos 40 minutos, deu um belo chute, obrigando o goleiro do Marília espalmar pela linha de fundo. Gilsinho, no lance seguinte, também assustou o Marília.

Próximos jogos:
Pela 11ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2, o Linense encara o Votoraty, em Votorantim, no próximo domingo, às 15 horas. Já o Marília recebe o Atlético Sorocaba no próximo sábado, às 19 horas.

Ficha Técnica

Linense 3 x 1 Marília

Local: Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins
Árbitro: Leonardo Vinicius Pereira
Público: 3.328 torcedores
Renda: R$ 21.600
Cartões Amarelos: Rocha e Ricardo Vila (Linense); Robson, Ruan e Catatau (Marília)
Cartões Vermelhos: Luis Carlos e Robson (Marília)
Gols: Fausto aos 36'/1T e aos 34'/2T, Rocha aos 38'/1T (Linense); Leandro Love aos 16'/1T (Marília)

Linense
Paulo Musse; Eric, Rocha, Ricardo Vila e Tarracha; Olívio (Pereira), Bilinha, Guaru (Alessandro Cambalhota) e Gilsinho; Fausto e André Luiz (Canindé).
Técnico: Vilson Tadei

Marília
Fernando; Robson, Luis Carlos e Zeilton; Gabriel, Fábio Gomes, Ruan, Lê (Rodrigo Alemão) e Caio; Catatau (Anderson Lobão) e Leandro Love.
Técnico: Leandro Campos