Paraibano: Invicto no Treze, Celso Teixeira terá todo elenco à disposição para semifinal

Como fechou o treino, a dúvida fica em relação a formação tática, usando ou não três volantes

por Grande Área - Campinas

Campina Grande, PB, 20 (AFI) - Treze e Campinense farão o primeiro duelo da semifinal do Campeonato Paraibano nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio Amigão. O jogo de volta está marcado para o próximo domingo, às 18h30, no mesmo local. O clássico ganha muito mais valor, pois os finalistas da competição garante a pré-vaga do estado na Copa do Nordeste e participação na Copa do Brasil de 2018. As conquistar podem gerar um aumento de receita de R$ 800 mil reais.

Para o importante duelo de número 401 na história, o técnico Celso Teixeira espera continuar com a excelente fase desde que assumiu o clube. Para isso, contará com todos os jogados. Com o clima de decisão, o técnico usou de sua experiência e fechou o treino da última terça-feira. A dúvida fica em relação a formação tática, usando ou não três volantes. Vale lembrar que, como possui melhor campanha na primeira fase, o Campinense, comandado por Ney da Matta, tem a vantagem do empate.

Sob comando do técnico Celso Teixeira, já são nove jogos invictos, com apenas um gol sofrido
Sob comando do técnico Celso Teixeira, já são nove jogos invictos, com apenas um gol sofrido
A equipe do Treze vem de uma ótima sequência. Sob comando do técnico Celso Teixeira, já são nove jogos invictos, com apenas um gol sofrido. Na vitória por 1 a 0 no clássico com o Botafogo, Celso Teixeira conquistou a sexta vitória.

MAIS DE CELSO TEIXEIRA
O técnico Celso Teixeira é velho conhecido principalmente no Nordeste onde realizou grandes trabalhos, são mais de 40 clubes na carreira em mais de 13 estados diferentes com títulos em acessos, dirigiu grandes clubes no futebol brasileiro como Ponte Preta, Ceará, Portuguesa Desportos, CRB, Bragantino, Criciúma, América de Natal, Botafogo-PB, CSA, Sampaio Correia, entre outros.

ESCALAÇÕES

TREZE: Diego Martins, Ferreira, Fernando Lopes, Ítalo e Caíque; Robson, Patrick, Dedé e Roger Gaúcho; Marcelinho Paraíba e Dico. Técnico: Celso Teixeira.

CAMPINENSE: Glédson, Alex Travassos, Joécio, Paulo Paraíba e Ronaell (Sávio); Negreti, Magno, Fernando Pires e Fábio Gama (Jussimar); Augusto e Reinaldo Alagoano. Técnico: Ney da Matta.