Tênis: Desclassificação precoce no US Open vai custar R$ 1,3 milhão a Djokovic

Trata-se do maior prejuízo que um tenista já sofreu na história dos Grand Slams

por Agência Estado

Campinas, SP, 07 - Novak Djokovic era o principal favorito ao título do US Open, mas uma atitude imprudente acabou fazendo com que fosse desclassificado no domingo, em Nova York. Ao jogar uma bolinha para trás sem olhar e acabar acertando uma juíza de linha, o sérvio não perdeu apenas a chance de ser campeão do torneio, mas também US$ 260 mil (R$ 1,3 milhão). Trata-se do maior prejuízo que um tenista já sofreu na história dos Grand Slams.

Desclassificação precoce no US Open vai custar R$ 1,3 milhão a Djokovic
Desclassificação precoce no US Open vai custar R$ 1,3 milhão a Djokovic
Deste total, US$ 250 mil (R$ 1,325 mil) seriam a premiação caso Djokovic triunfasse sobre Pablo Carreño Busta e avançasse às quartas de final. Logicamente, as premiações poderiam ser ainda maiores conforme ele avançasse.

Além disso, Djokovic ainda vai receber uma multa por ter infringido regra de conduta esportiva em quadra: US$ 10 mil (R$ 53 mil) por conduta antidesportiva ao acerta a bola na juíza. Geralmente, a multa por este tipo de atitude é de US$ 20 mil.

Djokovic preferiu deixar o centro Billie Jean King, onde jogava a partida, e ir para casa para publicar um pedido de desculpas pelas redes sociais. Na mensagem, pediu desculpas pelo ocorrido e afirmou que aprendeu uma lição para o crescimento.