Prefeitura de São Paulo quer relançar edital de concessão privada do autódromo

A licitação de Interlagos inclui também o kartódromo Ayrton Senna, localizado junto ao circuito paulistano

por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 - A Prefeitura de São Paulo quer relançar futuramente o edital de concessão privada do Autódromo de Interlagos. Para tanto, pretende fazer ajustes na licitação de acordo com as orientações do Tribunal de Contas do Município (TCM), que havia apontado a necessidade de mudanças no documento publicado originalmente em fevereiro.

De acordo com a Prefeitura, o TCM havia recomendado ajustes no "programa de intervenções e na justificativa do critério de julgamento; aprimoramentos no edital e minuta contratual; e, detalhamento dos índices de desempenho".

Diante desta necessidade de mudanças, a Prefeitura diz que "vai analisar as recomendações do TCM para posterior elaboração de resposta com o objetivo que a licitação seja retomada". O processo de licitação havia sido suspenso no dia 28 de abril.

Autódromo de Interlagos
Autódromo de Interlagos
Antes disso, após outras recomendações do TCM, o edital já havia sido atualizado e republicado, em fevereiro. A licitação do autódromo inclui também o kartódromo Ayrton Senna, localizado junto ao circuito paulistano.

O intuito da administração municipal é ceder o espaço para a iniciativa privada pelo período de 35 anos. A Prefeitura prevê arrecadar quase R$ 1 bilhão com Interlagos com recursos vindos do pagamento da outorga, investimentos, pagamento de impostos e desoneração do orçamento municipal.

Desde 2017 a cidade pensa em uma maneira de ceder o espaço à iniciativa privada e tem debatido variadas formas de se concretizar esse objetivo. Após a primeira alternativa ser a privatização, no ano passado a Prefeitura optou por mudar o formato da proposta e lançar uma concessão à iniciativa privada.