BASQUETE: Campinas bate Blumenau e avança à decisão da Liga Feminino

Invicta, a equipe comandada pelo técnico Antonio Carlos Vendramini acumulou a sua 20ª vitória em 20 partidas

por Agência Estado

Campinas, SP, 12 - O Campinas se garantiu como primeiro finalista da Liga de Basquete Feminino (LBF), neste sábado, ao vencer o Blumenau por 76 a 62, em casa, no segundo confronto deste mata-mata da competição nacional. Antes disso, no último dia 6, a equipe paulista já havia levado a melhor por 69 a 60, fora de casa, no primeiro embate da série melhor de três partidas das semifinais.

Invicta, a equipe comandada pelo técnico Antonio Carlos Vendramini acumulou a sua 20ª vitória em 20 partidas e agora espera pela definição do vencedor da outra semifinal, que sairá do duelo entre Sampaio Basquete e Uninassau.

O time maranhense lidera a série por 1 a 0 e, se ganhar novamente neste domingo, em duelo marcado para começar às 15 horas, no ginásio Castelinho, em São Luís (MA), se garante na decisão.

MELHOR DE CINCO JOGOS
O primeiro jogo da série melhor de cinco confrontos das finais será no próximo dia 20, em Campinas. Por ter feito a melhor campanha da primeira fase da competição, o time paulista fará os dois primeiros duelos da série decisiva em casa e até um eventual quinto jogo como mandante, caso o mesmo seja necessário.

Neste sábado, cinco jogadoras do time campineiro fizeram mais de dez pontos, sendo que Karla foi a cestinha, com 16. Jeanne veio logo atrás, com 15, e Patty fez 12. Já Ariadna se destacou com um "double-double" de 10 pontos e 10 rebotes, enquanto Babi somou outros 10 pontos e contabilizou 18 rebotes, seu recorde pessoal no fundamento.

SEM EUFORIA
Karla, porém, conteve a euforia ao projetar a decisão da LBF.

"A mentalidade segue do mesmo jeito que a gente começou. Pé no chão, humildade e trabalho forte. A gente sabe que, para ser campeão, precisa de no mínimo três jogos, então seria no mínimo arrogante dizer que já está ganho. Muito pelo contrário, a gente é humilde o suficiente e sabe que quem vier do outro lado, será muito difícil, e se realmente a gente não continuar com toda força, a gente não chega (ao título)", ressaltou.

 
 
" />