Ex-lateral da Ponte Preta renova com clube do Campeonato Catarinense

"Eu creio que possa ajudar da melhor maneira possível a realizar os objetivos", disse Jefferson Recife, que segue no Marcílio Dias

por Agência Futebol Interior

Marcílio Dias, SC, 18 (AFI) - Em meio a paralisação do Campeonato Catarinense por conta da pandemia de covid-19, o novo coronavírus, o Marcílio Dias confirmou, na manhã desta segunda-feira, a renovação de contrato com o lateral-esquerdo Jefferson Recife até 30 de abril de 2021.

"Tive uma conversa com o (Marco) Gama (superintendente de futebol), ele foi muito pontual nos objetivos do Marcílio Dias, é uma diretoria que cumpre o que fala. Eu creio que possa ajudar da melhor maneira possível a realizar os objetivos do clube, isso me fez renovar junto da minha esposa e empresário. É um clube correto que faz de tudo para dar o melhor pro atleta”, afirmou o defensor, de 26 anos, que já atuou em times como Mogi Mirim, Grêmio Barueri, Ponte Preta, Remo e Luverdense.

"O Jerffeson tinha outros três clubes de SC que vieram de maneira muito forte para tentar a contratação dele. Mas nós conseguimos levar a mensagem do projeto do clube, mostrar o quão importante ele é e quão grande são os nossos objetivos para o ano, além de criar identificação com um clube que vem se organizando, de uma cidade fantástica e de uma torcida apaixonada. Quando ele tiver oportunidades, o torcedor vai entender por que fizemos esse esforço para mantê-lo. O desfecho foi favorável e tenho certeza que estamos muito bem servidos nessa posição", emendou Marco Gama.

Jefferson Recife - Foto: Bruno Golembiewski/CNMD
Jefferson Recife - Foto: Bruno Golembiewski/CNMD
A TEMPORADA
O Marinheiro terminou a primeira fase do Estadual de Santa Catarina na quarta colocação, com 15 pontos, apenas dois abaixo do Avaí, que ficou na liderança. Nas quartas de final, irá enfrentar o Criciúma - a ida acontece no Heriberto Hülse, em Criciúma, enquanto a volta ocorre no Hercílio Luz, em Itajaí.

Na Série D, o Marcílio Dias está no Grupo 8, ao lado de Pelotas-RS, Caxias-RS, Joinville-SC, Novorizontino-SP, Tubarão-SC e São Luiz-RS. O outro integrante seria o São Caetano-SP, mas o Azulão abriu mão da disputa e ainda não há substituto confirmado. Os oito times disputam quatro vagas no mata-mata.