Série B: Londrina apresenta ex-atacante de Grêmio e Inter

O atacante do Joinville chega ao Tubarão com vínculo até o final do ano

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 13 (AFI) - O atacante Nathan é o novo reforço do Londrina para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Jovem, mas com a experiência de quem já conseguiu dois acessos no currículo, o jogador de 24 anos chega para um vínculo inicial com o Tubarão até o fim da temporada.

“Estou muito feliz com essa oportunidade e motivado neste novo desafio na minha carreira”, comenta Nathan. “Já havia ouvido falarem muito bem da estrutura que o Londrina oferece, mas fiquei surpreso ao vê-la pessoalmente. Todos aqui também me acolheram da melhor forma possível. Espero retribuir conseguindo esse que será o terceiro acesso na minha carreira”, projeta.

Nathan é natural de Porto Alegre. Deu os primeiros passos na carreira nas escolinhas do Grêmio. Ainda na infância, assumiu o desafio de defender o arquirrival Internacional. Pela equipe colorada, passou por todas as categorias até ser promovido ao elenco principal em 2012. Atuou por outros nove clubes antes de chegar ao LEC. Também passou pela Seleção Brasileira de base. Disputou o Mundial Sub-17 em 2011.

“Sou um jogador de velocidade. Tenho facilidade para jogar pelas duas beiradas do campo”, comenta Nathan. “Sempre que possível, também procuro o drible e fazer os gols. Fui o vice-artilheiro do último Campeonato Catarinense [7 gols em 16 jogos]. A forma como o Londrina joga também me agrada. Com ela, o jogador tem a possibilidade sempre para mostrar o seu melhor”, analisa.

Esta será a quinta vez que o atacante disputa o Brasileiro da Série B. Participou das edições de 2014 pela Ponte Preta, de 2015 pelo Santa Cruz, de 20016 pelo Brasil de Pelotas e de 2017 pelo Paraná Clube e Goiás. Conseguiu o acesso em 2014 e 2015. Em 2017, iniciou a campanha que depois valeu a promoção dos paranistas.

“Com certeza, quero ajudar o clube e fazer história aqui no Londrina”, afirma Nathan. “Por isso, o torcedor pode ter certeza de que nunca vai me faltar vontade para isso. Sou um jogador determinado, que luta em campo pelo time que defende. É algo que faço desde as minhas origens, na base. Não será diferente agora com a camisa do Londrina. E se Deus quiser, vamos chegar ao fim do ano e conquistar esse acesso”, encerra.