Demitido, treinador vai ao CT se despedir dos jogadores do Internacional

O interino Ricardo Colbachini fechou o treinamento desta sexta-feira para a imprensa

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 11 - Demitido na quinta-feira, o técnico Odair Hellmann foi ao CT Parque Gigante nesta sexta para se despedir dos jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do Internacional.

Um dos treinadores mais longevos no mesmo clube nos últimos tempos, ele comandou a equipe colorada por um ano, 10 meses e 15 dias.

Mesmo sem títulos, Odair foi o mais longevo do clube gaúcho em 40 anos. Ele repetiu um recorde de permanência que havia sido conseguido anteriormente por Rubens Minelli, que fez história com dois troféus do Brasileirão pelo time, em 1975 e 1976, após ter iniciado o seu trabalho no cargo em 1974.

O técnico Odair Hellmann se despediu dos jogadores e dos funcionários nesta sexta-feira
O técnico Odair Hellmann se despediu dos jogadores e dos funcionários nesta sexta-feira
DESPEDIDA
Antes de retirar seus pertences, Odair se despediu do elenco e recebeu cumprimentos e pedidos de fotos de alguns torcedores que estavam no local. Ele estava junto de seu auxiliar, Maurício Dulac.

O clube não definiu ainda qual o perfil de técnico que deseja para substituir Odair Hellmann. Roger Machado e Tiago Nunes, ambos empregados, são nomes avaliados.

É possível que a equipe seja treinada até o final do ano pelo interino Ricardo Colbachini e que o novo treinador chegue só na próxima temporada.

TREINO FECHADO
Escolhido para assumir o time interinamente, Colbachini comandou um treino fechado nesta sexta-feira no Beira-Rio.

Ele tem problemas para escalar a equipe que enfrenta o vice-líder Santos no domingo, às 16 horas, em casa, de modo que não pode contar com os zagueiros Rodrigo Moledo e Emerson Santos, machucados, e Bruno Fuchs, com a seleção olímpica.

Lesionados, os atacantes Rafael Sóbis e William Pottker também não jogam e o centroavante Paolo Guerrero segue fora pois está com a seleção peruana. Klaus deve ser titular ao lado de Cuesta na retaguarda e Guilherme Parede será mantido no comando de ataque.

O elenco faz neste sábado a última atividade antes da partida, válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time colorado não vence há quatro jogos e caiu para o sexto lugar na tabela, com 38 pontos.