Dérbi 199: Zagueiro Thales fala sobre "decisão" contra a Ponte Preta

Maior clássico do interior ganhará mais um capítulo nesta quarta-feira. Thales diz que briga no final de semana não irá atrapalhar

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - Titular nas últimas duas rodadas quando o Guarani saiu de campo vitorioso, o zagueiro Thales cedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, falou sobre o dérbi 199 e sobre a briga envolvendo Bidu e Rodrigo Andrade.

Thales concedeu entrevista coletiva antes do dérbi 199 - Foto: Thomaz Marostegan / Guarani FC
Thales concedeu entrevista coletiva antes do dérbi 199 - Foto: Thomaz Marostegan / Guarani FC

CAMPEONATO A PARTE

Thales falou que concorda com a torcida quando dizem que é um campeonato a parte.

"Com certeza o dérbi é um campeonato à parte. Se você perguntar para os torcedores, independentemente de classificação ou não, eles querem ganhar o dérbi. E com a gente não é diferente. Claro que a gente pensa um pouco diferente, porque a gente quer conquistar os nossos objetivos que a gente tem desde o começo da temporada, mas sabe que, sim, é um campeonato à parte. E a gente tem os pés no chão, está bem trabalhado e tem tudo para fazer um grande jogo e, se Deus quiser, sair com a vitória", disse o zagueiro.

TABU DE 12 ANOS

Thalles disse que o Bugre vai em busca da vitória e da classificação no Moisés Lucarelli. O Bugre não vence o rival no estádio desde 2009.

"É um grande clássico, a gente sabe da importância do jogo. Então a gente vai trabalhar, vai entrar no jogo pensando na nossa classificação e somente nisso. Então a gente vai chegar lá, vai dar o nosso melhor, conseguir a vitória que é importante e sair de lá classificado, se Deus quiser", declarou.

A BRIGA VAI ATRAPALHAR?

O zagueiro comentou sobre a briga envolvendo os companheiro de equipe ao final da partida e disse que isso já foi resolvido internamente.

"Acredito que isso não vai interferir em nada. Até porque já foi resolvido internamente, eu conheço o Bidu, conheço o Rodrigo, a gente sabe que o que aconteceu ali foi algo de cabeça quente. Em uma família, como a gente é, vai acabar discutindo, vai acabar brigando, mas isso foi um fato isolado. Tenho certeza que isso não vai afetar no jogo e nem no nosso dia a dia. Como eu falei, a gente é um grupo muito unido, muito fechado, e isso não vai nos atrapalhar no dia do jogo", concluiu o zagueiro.

DÉRBI 199

Um dos maiores clássicos do país e o maior do interior ganha mais um capítulo nesta quarta feira, às 21h00 no estádio Moisés Lucarelli, válido pela 11° rodada do Paulistão.