Carioca: Com reforços, Fluminense busca contra o Bangu a terceira vitória

O treinador deverá mexer bastante na equipe para a partida deste domingo

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 26 - Depois de encarar as duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca com um time dizimado pelos desfalques, o Fluminense finalmente começará a mostrar neste domingo um pouco da sua cara para 2020. Contra o Bangu, às 16 horas, em Moça Bonita, a equipe poderá contar com alguns dos jogadores contratados recentemente pelo clube.

À DISPOSIÇÃO

O lateral-esquerdo Egídio e o volante Henrique, ambos ex-Cruzeiro, e o meia Yago, que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Goiás, estão à disposição de Odair Hellmann para a partida, assim como o zagueiro Digão, que não participou das duas primeiras rodadas por causa de um problema burocrático, ele jogou no Fluminense em 2019 emprestado pelo Cruzeiro, mas agora é definitivamente um atleta do clube carioca.

Foto: Divulgação / Fluminense
Foto: Divulgação / Fluminense

O treinador deverá mexer bastante na equipe para a partida deste domingo. Segundo ele, no começo da temporada é importante fazer um revezamento para evitar um desgaste físico excessivo.

"Agora temos mais jogadores liberados, isso nos fortalece pois nos dá a oportunidade para que possamos descansar e retomar o treinamento com alguns jogadores", explicou Hellmann. "Eu preciso avaliar todas essas questões para o próximo jogo, pois não temos semana cheia, não podemos perder mais jogadores."

TITULARES


Os ex-cruzeirenses Egídio e Henrique deverão ser titulares contra o Bangu, substituindo Orinho e Dodi, respectivamente.

Na defesa, Hellmann pensa em poupar Matheus Ferraz porque ele se recuperou recentemente de uma grave lesão e disputou duas partidas em menos de uma semana.

Outro atleta que pode ser poupado no domingo é o veterano meia Nenê, que também atuou nas duas primeiras partidas do Fluminense no Carioca. Se ele não jogar, Yago fará a sua estreia pelo clube. No ataque, é provável a saída de Felippe Cardoso para a entrada do jovem Miguel, que brilhou na vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa, na quinta-feira.

QUASE LÁ

Apesar dos desfalques, o Fluminense bateu Cabofriense (1 a 0) e Portuguesa e, com isso, colocou-se na liderança do Grupo B da Taça Guanabara, com seis pontos, ao lado de Volta Redonda e Madureira. Uma vitória em Moça Bonita deixará o clube muito próximo da semifinal do primeiro turno do Carioca.