Meia do Fluminense se diz "frustrado" com eliminação na Sul-Americana

Nenê disse que o elenco precisa levantar a cabeça para tirar o time da zona de rebaixamento do Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 30 (AFI) - O Fluminense lutou até o último segundo, mas deu adeus a Copa Sul-Americana ao empatar com o Corinthians, por 1 a 1, diante de mais de 55 mil pessoas no Maracanã. Os jogadores tricolores não esconderam a tristeza com a eliminação nas quartas de final.

"A gente tinha um sonho de conquistar esse título, que seria tão importante para a gente e para a torcida. Mas são coisas do futebol. É uma frustração muito grande, a torcida nos apoiando do início ao fim. A gente fica muito chateado", disse o meia Nenê com um semblante bastante abatido.

O meia Nenê lamentou a eliminação do Fluminense na Sul-Americana
O meia Nenê lamentou a eliminação do Fluminense na Sul-Americana
Autor do cruzamento que originou o gol de empate, marcado por Pablo Dyego aos 37 minutos do segundo tempo, Nenê acredita que o Fluminense demorou para atacar o Corinthians.

"Acho que a gente ficou muito atrás no primeiro tempo, demoramos para atacar. Depois que sofremos o gol, saímos mais e jogador melhor", analisou o meia.

NOVO FOCO
Agora, as atenções do Fluminense estão voltadas exclusivamente para o Brasileirão, onde o time está na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 12 pontos. Na segunda-feira, o adversário será o lanterna Avaí, no Maracanã.

"Temos que levantar a cabeça para sair dessa situação no Brasileirão o mais rápido possível. O Fluminense não é um clube para brigar na parte debaixo da tabela", finalizou Nenê.