Carioca: Recuperado, zagueiro é relacionado no Fla para duelo com o Madureira

Rogério Ceni não abre mão de utilizar seu camisa 3 e sempre diz que ele é imprescindível na equipe

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 04 (AFI) - O zagueiro Rodrigo Caio volta a defender o Flamengo nesta segunda-feira, em sua estreia na temporada. Afastado desde a reta final do Brasileirão, o defensor se recuperou de uma lesão muscular na coxa direita e foi relacionado para o confronto com o invicto Madureira, em Volta Redonda.

Rogério Ceni não abre mão de utilizar seu camisa 3 e sempre diz que ele é imprescindível na equipe. Resta saber se já inicia o jogo diante do Madureira ou se fica como opção para o decorrer da partida. O mais provável é que comece o duelo que vale a liderança do Campeonato Carioca ao time rubro-negro.

Recuperado, Rodrigo Caio é relacionado no Flamengo para duelo com o Madureira (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Recuperado, Rodrigo Caio é relacionado no Flamengo para duelo com o Madureira (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

QUEM VAI SAIR ?
Sobraria para quem? O técnico não revela sua predileção, mas como vem elogiando constantemente as improvisações de Willian Arão na defesa e de Diego como volante, é capaz de Gustavo Henrique perder a vaga.

Curiosamente, os titulares estrearam na temporada justamente no jogo anterior, com fáceis 3 a 0 sobre o Bangu. Rodrigo Caio, portanto, "perdeu" somente um confronto. Às 21 horas, ele espera estar em campo no Raulino de Oliveira.

O defensor vem treinando forte e normalmente com os companheiros desde sexta-feira. Não sente mais as dores musculares e nem pensa em perder mais tempo. Quer jogar para aumentar o entrosamento possivelmente com Arão antes da decisão da Supercopa do Brasil, dia 11 de abril, diante do Palmeiras, no Mané Garrincha, em Brasília.

TÁ DENTRO
Rogério Ceni relacionou os mesmos 23 jogadores utilizados diante do Bangu, mais Rodrigo Caio. Optou por não sacrificar ninguém neste início de competição aos titulares. Para a defesa, ele terá, além de Rodrigo Caio, Willian Arão, Gustavo Henrique e Bruno Viana.