Com time cheio de reservas, Flamengo faz festa no Maracanã contra o Ceará

Após dois títulos em menos de 24 horas, Rubro Negro reencontra torcida no Maracanã

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 27 - O Flamengo dá prosseguimento nesta quarta-feira às comemorações da conquista da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro, desta vez em um local que lhe é muito familiar: o Maracanã.

O jogo contra o Ceará, às 21h30, será o primeiro do time rubro-negro depois de ganhar os dois títulos e servirá para a realização do ritual de entrega da taça do Nacional.

Embora a partida não tenha qualquer importância prática para o Flamengo, que agora está concentrado apenas na preparação para o Mundial de Clubes, o Maracanã deverá receber mais de 60 mil pessoas nesta quarta.

Afinal de contas, o jogo contra o Ceará será o penúltimo da equipe em casa nesta temporada - o derradeiro será diante do Avaí, no próximo dia 5.

Suspenso por expulsão, Gabriel desfalca o Flamengo - Alexandre Vidal / CR Flamengo
Suspenso por expulsão, Gabriel desfalca o Flamengo
SERIEDADE

O zagueiro espanhol Pablo Marí garantiu que o Flamengo levará o duelo com os cearenses muito a sério, apesar de nada haver em jogo para os rubro-negros.

"Temos muita vontade de continuar dando vitórias para os nossos torcedores. Temos um grupo muito profissional, vamos continuar trabalhando para chegar ao maior número de vitórias no Brasileiro. Evidentemente, quem entrar em campo no Maracanã vai ser para buscar os três pontos", comentou.

TÁ FORA?

O espanhol, porém, só deverá pisar no campo do Maracanã depois da partida, quando será realizada a cerimônia de entrega do troféu.

Por causa do enorme desgaste físico e mental sofrido pela equipe na decisão da Libertadores, sábado, contra o River Plate, o técnico Jorge Jesus vai escalar uma formação bastante diferente daquela à qual a torcida está acostumada.

TIME B

Nesta terça, o português comandou o único treino antes do jogo contra o Ceará e apenas dois titulares participaram da atividade: o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Everton Ribeiro.

O resto do time, salvo alguma surpresa de última hora, será formado por reservas. Não está claro ainda se essa estratégia será mantida até o fim do Brasileirão ou se valerá apenas para esta partida, coisa que Jorge Jesus poderá esclarecer após o jogo.