Flamengo viaja para o Equador e Arão indica aposta nos contra-ataques

Sem tempo para comemorar o título carioca, o elenco rubro-negro já se prepara para mais uma disputa pela Libertadores

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 22 (AFI) - O elenco do Flamengo não teve muito tempo para comemorar a conquista do título do Campeonato Carioca. Um dia após voltar a bater o Vasco por 2 a 0, assegurando a taça do torneio estadual, o elenco seguiu viagem, nesta segunda-feira, para mais um duelo decisivo, agora em Quito, contra a LDU, pela penúltima rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

O Flamengo está com nove pontos, em primeiro lugar no Grupo D da competição, por ter saldo de gols superior ao Peñarol - 7 a 4. E precisa de um empate com a LDU, quarta-feira, para garantir antecipadamente a sua classificação às oitavas de final, sem ter de buscá-la em um duelo no Uruguai.

Autor do primeiro gol do Flamengo na decisão de domingo com o Vasco, Willian Arão indicou que o time será precavido no Equador. A ideia, como indicou o volante, será atuar mais recuado, saindo em velocidade nos contra-ataques para aproveitar os espaços deixados pela LDU, que precisa vencer para não ser eliminada nesta quarta-feira.

"Na Libertadores, às vezes a gente não vai conseguir dar show, jogar o futebol que nós queremos, temos é que sair vencedores. Se tiver que jogar atrás e contra-atacar, a gente vai fazer isso. Não é o que queremos, mas vamos jogar de acordo como o jogo se apresentar. Vai ser um jogo difícil, duro, mas eles têm de nos atacar, vão ter de se expor", afirmou Arão antes do embarque do elenco do Flamengo para o duelo em Quito.