Governador do Rio determina investigação minuciosa sobre incêndio no CT do Fla

Wilson Witzel (PSL) solicitou a presença do vice-governador Cláudio Castro no local da tragédia para acompanhar os trabalhos

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 08 - O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSL), determinou nesta sexta-feira que uma investigação minuciosa seja feita para apurar as causas do incêndio no Ninho do Urubu, o centro de treinamentos do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio, e deixou 10 mortos e três feridos.

Segundo nota divulgada em suas redes sociais, ele solicitou a presença do vice-governador Cláudio Castro no local da tragédia para acompanhar os trabalhos das equipes do governo. E manifestou pesar pelo ocorrido no CT do Flamengo, decretando luto oficial de três dias no Estado pelo incêndio e pelas mortes das pessoas atingidas nas chuvas no Rio Janeiro na última quarta-feira.

Governador do Rio determina investigação minuciosa sobre incêndio no CT do Fla
Governador do Rio determina investigação minuciosa sobre incêndio no CT do Fla
"Quero manifestar meu mais profundo pesar por essas tragédias e prestar solidariedade às famílias das vítimas. Que Deus os receba e abençoe", escreveu o governador.

O presidente Jair Bolsonaro também lamentou o incêndio ocorrido no CT do Flamengo. "Consternado, o presidente da República se solidariza com a dor dos familiares neste momento de luto", disse o texto divulgado pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

Bolsonaro, internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia, classificou o episódio como uma "triste tragédia" e afirmou que as vítimas eram "jovens vidas que iniciavam sua caminhada rumo a realização de seus sonhos profissionais".

 
 
" />