Catarinense: Sem Betinho, Figueirense embarca confiante para Chapecó

Para o treinador esse é o momento de trabalhar o psicológico dos jogadores

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 12 (AFI) - Depois de uma semana cheia de trabalho, o Figueirense está com tudo pronto para enfrentar a Chapecoense no domingo, às 16 horas, na Arena Condá.

Sem vencer há quatro jogos, o time de Hemerson Maria está confiante em uma reação na semifinal do Campeonato Catarinense, valendo uma vaga para a grande final.

Como é jogo único e mando de campo do rival, em caso de empate a decisão vai para as cobranças de pênalti.

PRIMEIRO NA SEMIFINAL
O Figueirense foi o primeiro clube a confirmar a classificação antecipada para o mata-mata, com quase um mês de antecedência. Na época, Hemerson Maria sempre manteve os ‘pés no chão’ e ressaltava a juventude do elenco, recheado de jogadores das categorias de base.

Depois de 14 jogos invictos, o time emendou quatro partidas sem vencer e despencou na classificação: de primeiro para terceiro colocado.

Sem Betinho, Figueirense embarca confiante para decisão em Chapecó
Sem Betinho, Figueirense embarca confiante para decisão em Chapecó

Para o treinador esse é o momento de trabalhar o psicológico dos jogadores:

“Iremos fortalecidos para Chapecó, pois será um jogo único e devemos estar muito atentos e concentrados.

Tenho um grupo jovem, com 19 jogadores com média de idade na faixa de 23 anos e cabe ao treinador prepará-los para superar as dificuldades que surgirão ao longo do jogo”, avaliou Hemerson Maria.

ÚNICA BAIXA

A única baixa do Figueirense vai ser o meia Betinho, que passou a semana com febre e não foi relacionado para o jogo em Chapecó. De acordo com as informações preliminares o jogadores está com catapora e vai ficar em tratamento em Florianópolis.

Para a sua vaga Hemerson Maria deve manter Júlio Rusch. Liberados pelos médicos, Patrick e Alemão viajaram com o grupo e serão opções no banco de reservas.

O provável time do Figueirense deve ser: Denis; Alemão Teixeira, Pereira, Ruan Renato e Matheus Destro; Zé Antonio, Júlio Rusch e Juninho; Alípio, Willian Popp e Matheus Lucas.