Série D: Interino deixa efetivação de lado e mira corrigir erros da Ferroviária

"Sou um funcionário do clube, tenho essa oportunidade com o profissional e as coisas vão ditar se a gente segue ou volta"

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 12 (AFI) - Depois da saída do técnico Dado Cavalcanti, quem vem comandando a Ferroviária é o interior Leonardo Mendes. Mesmo gostando da oportunidade de dirigir o profissional, ele deixou a decisão de ser efetivado no cargo totalmente nas mãos da diretoria.

"Sou um funcionário do clube, tenho essa oportunidade com o profissional e as coisas vão ditar se a gente segue ou volta.

Se depois precisarem de mim na base ou em outra função, pode ter certeza que vou desenvolver o melhor para que o clube consiga esse sonho de chegar à Série C do Brasileiro", disse.

SEGUIR EM FRENTE

Neste domingo, a Locomotiva foi derrotada pelo Mirassol por 1 a 0 no Grupo A7 do Campeonato Brasileiro D. Mesmo assim, Leonardo já focou na próxima partida e quer corrigir erros.

"Vamos seguir em frente. Ninguém gosta de perder, tem um gosto amargo.

Mas agora a conversa vai ser para colocar o elenco para cima, pois todos aqui têm muito potencial.

Vamos trabalhar para diminuir os erros, uma mudança na criação de jogadas, com mais inteligência e mudanças mais rápidas, sempre pensando em evitar contra-ataque", avaliou.

PRÓXIMO DESAFIO

A Ferroviária soma oito pontos, dentro do G4, em terceiro. A equipe volta a campo já nesta quarta-feira, às 19h, na Arena Fonte Luminosa, onde recebe a Cabofriense-RJ, vice-líder com nove pontos.