Copa Paulista: 'Não temos que buscar culpados', comenta técnico da Ferroviária

Locomotiva Grená foi a Taubaté, saiu perdendo e conseguiu a virada, mas acabou perdendo por 3 a 2

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 09 (AFI) - A Ferroviária amargou um duro golpe no último sábado. Após sair perdendo e conseguir a virada, os comandados do técnico Vinicius Munhoz, porém, acabaram derrotados por 3 a 2 para o Taubaté, fora de casa, no Joaquinzão. O comandante grená avaliou o desempenho da equipe no duelo da Copa Paulista.

"É difícil conseguir ser competitivo perdendo intensidade, especialmente na marcação, como aconteceu na metade do segundo tempo. Ficamos confortáveis por termos virado a partida. Diante da desvantagem, o Taubaté, que é experiente, igualou e virou", disse.

"Não temos que buscar culpados de forma individual. Vi uma queda coletiva, a gente tem que aprender com essas dificuldades. Vamos buscar essa vitória que nos escapou nas três rodadas anteriores", completou.

Vinicius Munhoz - Foto: Divulgação
Vinicius Munhoz
Após o final do primeiro turno, a Ferroviária está fora da zona de classificação para a terceira fase da Copa Paulista com os mesmos dois pontos do Atibaia. Taubaté e EC São Bernardo, ambos com cinco, estão no G2 do Grupo 5.

"Ganhando ou perdendo, nós avaliamos e analisamos tudo o que a gente faz, colocamos em pauta tudo o que fizemos de bom e tudo o que fizemos de ruim. Vamos levar os próximos jogos como três finais e dois desses jogos que vão ser em casa, será muito importante para nós na competição", complementou o goleiro Gabriel Leite.