Mineiro: Após novo tropeço, torcida do Cruzeiro pede saída de treinador

Cruzeiro é apenas o sexto colocado no Mineiro e vem de seguidos tropeços

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 02 (AFI) – Felipe Conceição (foto abaixo) ainda não vingou no comando do Cruzeiro. Após o novo tropeço, no empate sem gols com o Tombense no Mineirão, os torcedores se mobilizaram para protestar e fizeram faixas pedindo a saída do treinador.

O grupo de torcedores não se identificou nas faixas, mas deixou bem claro o descontentamento com os resultados no Campeonato Mineiro. Além do treinador Felipe Conceição, os jogadores Felipe Augusto e Marcinho também foram alvo dos apaixonados nas faixas de repúdio.

As faixas colocadas em frente a sede administrativa do clube diziam: “Felipe Augusto e Marcinho NÃO!”; “Fora Felipe Conceição”.

Conceição vive pressão no comando do Cruzeiro
Conceição vive pressão no comando do Cruzeiro
O que chamou atenção é que os torcedores, além de criticarem treinador e jogadores, também pediram o retorno de velhos conhecidos do clube, caso do executivo de futebol Alexandre Matos e o treinador Marcelo Oliveira.

Fato é que o Cruzeiro é apenas o sexto colocado do Campeonato Mineiro com oito pontos conquistados. O time tem duas vitórias, dois empates e duas derrotas no Estadual.

No domingo o time visitará o Boa Esporte às 11 horas, em Varginha, duelo que terá cobertura em Tempo Real do Placar FI.