Série C: Após sete anos de Confiança, zagueiro revela que vai defender o Ceará

Valdo já havia avisado que estava negociando sua saída e chegou perto de um acordo com o Tupi, mas a proposta cearense foi irrecusável

por Agência Futebol Interior

Aracaju, SE, 30 (AFI) - O zagueiro Valdo já havia avisado que estava de saída do Confiança, mas não revelou o seu destino. Nas declarações, indicava que estava caminhando para um acerto com o Tupi, mas na noite deste domingo, após a derrota por 2 a 0 para o Fortaleza pela segunda rodada Série C, revelou que fechou negócio com o Ceará.

Na saída do gramado, ele explicou que tinha um acerto verbal com o Tupi, mas nada havia sido definido. Três dias antes da partida contra o Fortaleza, o Vovô fez uma proposta tentadora que agradou o atleta. Segundo ele, o valor oferecido foi irrecusável. Além disso, teve a referência de companheiro do Confiança, como Everson e Richardson, que conhecem o time cearense.

“Pesou a camisa, a torcida, a maior visibilidade que o Ceará tem e a proposta financeira também, claro. Todo jogador de futebol almeja ser contratado por um clube maior que o que ele se encontra. Normal, pois somos profissionais e queremos sempre evoluir. Conversei bastante com a minha família, e tomei essa decisão com calma. Sentirei muitas saudades, pois se hoje estou onde me encontro, é graças ao Confiança. Mas continuarei torcendo para o Dragão”, disse o jogador.

Valdo revelou que vai defender o Ceará na Série B. (Foto: Divulgação / AD Confiança)
Valdo revelou que vai defender o Ceará na Série B. (Foto: Divulgação / AD Confiança)

Valdo está no Dragão há sete anos. Chegou em 2009, quando tinha ainda 17 anos e iniciou sua carreira profissional no Sabino Ribeiro. Querido pela torcida, participou de conquistas com o bicampeonato sergipano em 2014 e 2015, além do acesso para a Série C em 2014, a disputada da Série D. Ele tinha contrato até novembro deste ano.

Na estreia do time proletário na terceira divisão nacional, foi Valdo quem marcou o gol de empate por 1 a 1 com o AS e salvou o time da derrota. Na despedida, disse que ainda espera retornar ao clube no futuro. Reiterou que o Confiança é seu clube de coração e que assistia os jogos no estádio desde pequeno, acompanhado de seu pai. Ainda nesta segunda, deve se apresentar ao Ceará.

 
 
" />