Catarinense: Classificado, Umberto Louzer comemora 100 jogos como treinador

A Chapecoense ainda não perdeu sob o comando do técnico e ainda garantiu vaga nas semi do estadual

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 31 (AFI) - De quase rebaixada à semifinalista, a noite da última quarta-feira foi especial para a Chapecoense. Após empatar com o Avaí, por 1 a 1, a equiipe de Chapecó garantiu vaga nas semifinais do Catarinense. A partida também marcou o centésimo jogo de Umberto Louzer como treinador profissional e deu um gostinho ainda mais especial ao feito.

A campanha da Chape inclusive, deve-se muito à chegada do treinador. Antes de Louzer, a equipe amargava a zona de rebaixamento do campeonato estadual e a arrancada com Umberto no comando foi a responsável por colocar a equipe entre os quatro melhores do estado.

Na Chapecoense foram 7 jogos, 4 vitórias e 3 empates, sendo 5 jogos no Catarinense (3 V e 2 E) e 2 jogos pela Copa do Brasil ( 1 V e 1 E), além disso, a equipe marcou onze gols e sofreu apenas dois. Os números não param por aí, até o momento, Louzer tem incriveis 71% de aproveitamento.

Márcio Cunha / ACF
Márcio Cunha / ACF
"Fico feliz com essa marca expressiva em minha carreira, mas mais do que isso, feliz pelo trabalho que estamos desenvolvendo, pela classificação e pelo grupo que temos. Atletas que mostraram que temos um grupo forte e provaram isso com a classificação mesmo com tantos desfalques", afirmou.

Os números desse início superam inclusive, o melhor início de Umberto Louzer como treinador que havia sido em sua passagem pelo Coritiba, onde nos primeiros sete jogos havia conquistado quatro vitórias, dois empates e uma derrota.

"Fico feliz por esse início, lógico que sabemos que não somos invencíveis mas vamos trabalhar para continuar vencendo e sempre pensando em coisas grandes. Para isso é importante ter pés no chão e trabalhar jogo a jogo", explicou.

Em 100 jogos com treinador, Umberto Louzer tem 48 vitórias, 27 empates e 25 derrotas com um aproveitamento de 57% e um título do Campeonato Paulista da Série A2 conquistado, pelo Guarani, em 2018.