Catarinense: Atacante da Chapecoense é internado e fala em 'maior desafio da vida'

Roberto, avançado de 29 anos, disputou seis jogos com a camisa do Verdão do Oeste nesta temporada, mas não marcou gols

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 12 (AFI) - O atacante Roberto utilizou as redes sociais que é um dos 14 casos de covid-19 entre jogadores e comissão técnica da Chapecoense. Com falta de ar e tosse, foi internado em hospital na cidade de Chapecó.

Foto: Reprodução - Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
"Maior desafio da vida",

resumiu o avançado, de 29 anos, que disputou seis jogos com a camisa do Verdão do Oeste nesta temporada, mas não marcou gols.

TUDO PARADO!
Cabe destacar que o Campeonato Catarinense retornou na última quarta-feira após cerca de quatro meses de paralisação por conta da pandemia de covid-19. E a doença causada pelo novo coronavírus forçou nova parada, anunciada neste sábado.

Afinal de contas, foram registrados 14 casos na Chapecoense. Moisés Egert, técnico do Marcílio Dias; Patrick, volante do Figueirense; dois atletas do Criciúma e dois jogadores e dois integrantes do departamento médico do Joinville também foram diagnosticados.

O único duelo mantido, portanto, foi o confronto de ida do playoff contra o rebaixamento. Na terça-feira, às 15h, o Tubarão enfrenta o Concórdia, no Heriberto Hülse, em Criciúma.