CBF inova e restam apenas 10 vagas para a Série D de 2017

A CBF decidiu repetir os times classificados via estaduais de 2016, mas ainda assim restam algumas vagas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) – Com a confirmação do rebaixamento do River-PI na Série C do Brasileiro na última segunda-feira, restam apenas 10 vagas a serem preenchidas para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2017. E o lugar de onde virão esses 10 times também já estão definidos.

Uma vaga da Copa Governador do Estado da Bahia; uma vaga da Copa Paulista; uma vaga da Taça da FPF (Federação Paranaense de Futebol); uma vaga da Copa Rio; uma vaga do seletivo do Piauí; uma vaga do seletivo do Espírito Santo; mais dois rebaixados da Série C 2016 e duas vagas do Campeonato Amazonense 2016, que ainda está sendo disputado.

Todos os times classificados para a Série D de 2016 através do Campeonato Estadual terão vagas garantidas na Série D do próximo ano. Isso ocorre neste ano, pois a CBF decidiu igualar o calendário para todos os estados terem seus representantes via estaduais entrando na Série D apenas um ano depois.

O River foi rebaixado na Série C nesta segunda-feira
O River foi rebaixado na Série C nesta segunda-feira

Moto Club-MA, São Bento-SP, Volta Redonda-RJ e CSA-AL, que conquistaram o acesso, passaram a vaga que tinham garantida na Série D de 2017 para o melhor time do seu campeonato estadual que não está em nenhuma divisão nacional.

No Maranhão, o Moto Club passará a vaga para o Cordino; em São Paulo, o Red Bull é quem se classifica para 2017 devido ao acesso do São Bento; o Coruripe ficará com a vaga do alagoano CSA; no Rio de Janeiro, o Bangu herdará a vaga do Volta Redonda.

CONFIRA OS 58 TIMES GARANTIDOS NA SÉRIE D 2017:
América-PE (via estadual 2016)
Aparecidense-GO (via estadual 2016)
Altos-PI (via estadual 2016)
Anápolis/GO (via estadual 2016)
Araguaia de Barra do Garças-MT (via estadual 2016)
Atlético Acreano-AC (via estadual 2016)
Bangu-RJ (via estadual 2016)
Baré-RR (via estadual 2016)
Boavista-RJ (via estadual 2016)
Brusque-SC (via estadual 2016)
Caldense-MG (via estadual 2016)
Campinense-PB (via estadual 2016)
Ceilândia-DF (via estadual 2016)
Central-PE (via estadual 2016)
Comercial-MS (via estadual 2016)
Cordino-MA (via estadual 2016)
Coruripe-AL (via estadual 2016)
Desportiva Ferroviária-ES (via estadual 2016)
Galícia-BA (via estadual 2016)
Genus-RO (via estadual 2016)
Globo-RN (via estadual 2016)
Guarani de Juazeiro-CE (via estadual 2016)
Guaratinguetá-SP (rebaixado série c 2016)
Gurupi-TO (via estadual 2016)
Internacional-SC (via estadual 2016)
Itabaiana-SE (via estadual 2016)
Itumbiara-GO (via estadual 2016)
JMalucelli-PR (via estadual 2016)
Juazeirense-BA (via estadual 2016)
Luziânia-GO (via estadual 2016)
Maranhão-MA (via estadual 2016)
Metropolitano-SC (via estadual 2016)
Murici-AL (via estadual 2016)
Novo Hamburgo-RS (via estadual 2016)
Osasco Audax-SP (via estadual 2016)
Potiguar-RN (via estadual 2016)
PSTC-PR (via estadual 2016)
Red Bull-SP (via estadual 2016)
Rio Branco-AC (via estadual 2016)
River-PI (rebaixado série c 2016)
Rondoniense-RO (via estadual 2016)
Santos-AP (via estadual 2016)
São Bernardo-SP (via estadual 2016)
São Francisco-PA (via estadual 2016)
São José-RS (via estadual 2016)
São Paulo-RS (via estadual 2016)
São Raimundo-PA (via estadual 2016)
São Raimundo-RR (via estadual 2016)
Sergipe-SE (via estadual 2016)
Serra Talhada-PE (via estadual 2016)
Sete de Dourados-MS (via estadual 2016)
Sinop-MT (via estadual 2016)
Sousa-PB (via estadual 2016)
Tocantins de Miracema-TO (via estadual 2016)
Trem-AP (via estadual 2016)
Uniclinic-CE (via estadual 2016)
URT-MG (via estadual 2016)
Villa Nova-MG (via estadual 2016)

 
 
" />