São Paulo x Vitória - Tricolor pode se garantir no G4 até o fim da Copa

O clube baiano carrega um tabu de 29 anos no futebol brasileiro

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) – O São Paulo depende apenas de si para cumprir o seu primeiro objetivo na temporada. Se vencer o Vitória dentro do Morumbi nesta terça-feira, às 21h30, o time de Diego Aguirre se garante no G4 do Campeonato Brasileiro durante a parada para a Copa do Mundo. Além disso, dependendo de outros resultados da 12ª rodada, ainda pode chegar mais perto da liderança do Flamengo. Por outro lado, o clube baiano carrega um tabu de 29 anos no futebol brasileiro.

Em 17 jogos o Vitória nunca venceu o São Paulo no Morumbi. São 15 triunfos do time paulista, além de dois empates. O primeiro jogo aconteceu em 1989, pelo Campeonato Brasileiro, e, na época, terminou 0 a 0. Se manter a escrita de bons resultados, o time de Diego Aguirre já pode comemorar. Com 20 pontos, o clube briga pelas primeiras posições da classificação. Do outro lado, com 12, o vitória está a um ponto de escapar da zona de rebaixamento, pelo menos durante a parada para a Copa do Mundo.

O jogo conta com a transmissão da Rádio Futebol Interior com a narração de Antônio Vilson, comentários de Thiago Caetano e as reportagens de Wendel Coral. O placar ao vivo fica com Marcelo Corsato e a transmissão no Youtube com Giovane Paiola. A transmissão abre às 21 horas, já com o pré-jogo e as escalações.

NOVIDADES

A principal novidade do São Paulo no treino desta segunda-feira foi a presença do atacante Brenner. Liberado para trabalhar com a Seleção Brasileira na Granja Comary e depois, a pedidos do técnico Tite, na Inglaterra , o jogador voltou para São Paulo e já foi para o gramado. Ele está em condições de atuar e depende de uma oportunidade com o técnico Diego Aguirre, principalmente depois das saídas de Marcos Guilherme e Valdívia.

Por outro lado, o lateral direito Regis, contrato do São Bento após o Campeonato Paulista, teve o seu contrato suspenso nesta segunda-feira por ‘motivos pessoais’. Em nota oficial, o clube não entrou em detalhes, mas deixou claro que se o jogador ainda está vinculado ao São Paulo. Como Éder Militão está na mira do futebol europeu na janela de transferências, a posição pode se tornar um problema para o técnico Diego Aguirre no futuro.

MUDANÇAS

Emprestado ao São Paulo pelo Valencia, da Espanha, e repassado ao Vitória, o zagueiro Aderllan não poderá entrar em campo por força de contrato. Kanu, outro pilar defensivo do time, recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians e também passou a ser desfalque. Com isso, Mancini terá que apostar em uma dupla de zaga jovem, com Ramon e Bruno Bispo no time titular. O restante do time não deve ter grandes mudanças.

“Tivemos uma boa atuação contra o Corinthians e é preciso continuar evoluindo. Nossa equipe se encaixou bem nos últimos jogos, em que não levamos gol, com colaboração de todos os setores, e a expectativa é boa para enfrentar o São Paulo. O objetivo é encerrar essa fase antes da Copa do Mundo na melhor colocação possível”, comentou o lateral Jeferson.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
12ª rodada
Data
12/06/2018
Horário
21h30
Local
Morumbi - São Paulo (SP)
Árbitro
Igor Benevenuto de Oliveira - MG

Renda
R$ 468.038,00
Assistentes
Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza - MG

Público
20.456 pagantes
Cartões Amarelos
São Paulo-SP: Nenê, Lucas Fernandes, Jucilei, Hudson
Vitória-BA: Bruno Bispo, Neilton, Rhayner

Cartões Vermelhos
São Paulo-SP: Lucas Fernandes
Vitória-BA: Yago
Gols
São Paulo-SP: Nenê 21' 1T, Nenê 42' 1T, Everton 8' 2T
São Paulo-SP
Sidão;
Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo;
Jucilei, Hudson e Lucas Fernandes;
Everton (Caíque, 25min), Nene (Liziero) e Diego Souza (Brenner).
Técnico: Diego Aguirre
Vitória-BA
Elias;
Cedric, Bruno Bispo, Ramon e Jeferson;
Lucas Marques, Yago, Rhayner (Guilherme Costa), Neilton e Wallyson (Rodrigo Andrade);
André Lima (Lucas Fernandes).
Técnico: Vagner Mancini
 
 
" />