Botafogo receberá parte da venda de volante brasileiro para clube estadunidense

Com 60% dos direitos econômicos, Glorioso lucra com a compra de João Paulo pelo Seattle Sounders

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 14 (AFI) - O Seattle Sounders, clube dos Estados Unidos, exerceu a opção de compra pelo volante João Paulo, que pertencia ao Botafogo. O Glorioso acabou lucrando por ter 60% dos direitos econômicos do jogador.

Com isso, o brasileiro agora pertence definitivamente ao clube norte-americano, que o mesmo defende desde o início de 2020.

João Paulo, agora ex-jogador do Botafogo. Foto: Vitor Silva/Botafogo
João Paulo, agora ex-jogador do Botafogo. Foto: Vitor Silva/Botafogo

DINHEIRO NO BOLSO

Antes da compra definitiva, o Seattle Sounders pagou US$ 1,2 milhão, algo que equivale a cerca de R$ 6 milhões, em uma primeira parcela, para acertar a transferência do atleta para o futebol norte-americano. Agora, com a venda completa, os estadunidenses pagarão US$ 1 milhão para ter o volante brasileiro, cerca de R$ 5,3 milhões.

OUTRO BRASILEIRO FATURANDO

Além do time carioca, outro time do futebol brasileiro vai lucrar com a venda de João Paulo, o Santa Cruz. Com uma parcela um pouco menor, o Tricolor do Arruda receberá 40% do valor da venda do volante para o time norte-americano.

ESTÁ BEM, OBRIGADO!

Nos gramados espalhados pelos Estados Unidos, o brasileiro, de 29 anos, parece motivado e encaixado. Na atual temporada, João Paulo disputou 25 dos 29 jogos do Seattle Sounders, marcando quatro gols pelo clube.