Trabalho de Paquetá ainda não foi assimilado no Botafogo: 'Ficamos na dúvida'

Cria das categorias de base do Botafogo, Matheus Fernandes vinha sendo titular com Alberto Valentim até a parada das competições

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 09 - O jovem volante Matheus Fernandes deixou escapar na entrevista coletiva desta segunda-feira que os jogadores do Botafogo ainda tentam entender algumas movimentações solicitadas pelo técnico Marcos Paquetá, que substituiu recentemente Alberto Valentim no início da intertemporada.

"Ele conversou com a gente e falou que o trabalho não é muito diferente. Mas ele ainda pode mudar jogadores, o trabalho está começando e o Paquetá está implantando as movimentações que ele quer. São movimentações diferentes e ficamos um pouco na dúvida, mas ele nos passa confiança para realizarmos. Cada treinador tem um modo de pensar o futebol e temos tentado pegar isso", afirmou o atleta, que completou 20 anos no dia 30 de junho e fará nesta terça-feira a prova para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). "Meu pai não aguenta mais me trazer para o treino", disse, aos risos.

MATHEUS FERNANDES CHAMA ATENÇÃO DE GRANDES

Cria das categorias de base do Botafogo, Matheus Fernandes vinha sendo titular com Alberto Valentim até a parada das competições para a Copa do Mundo da Rússia. No elenco profissional, mantém as mesmas características que o levaram a ser efetivo, com boa técnica aliada à marcação forte.

Esse estilo tem chamado a atenção de clubes do exterior. No ano passado esteve na mira do Barcelona. Neste ano, Arsenal e Villarreal enviaram "olheiros" para observar o jogador, que tem contrato até 2020 com o time alvinegro. A multa rescisória é de R$ 100 milhões para transferência a equipes brasileiras e de 40 milhões de dólares (R$ 131 milhões) para equipes de fora.

Cria das categorias de base do Botafogo, Matheus Fernandes vinha sendo titular com Alberto Valentim até a parada das competições. FOTO: Botafogo/Divulgação
Cria das categorias de base do Botafogo, Matheus Fernandes vinha sendo titular com Alberto Valentim até a parada das competições. FOTO: Botafogo/Divulgação
NEGÓCIO BOM PARA O BOTAFOGO

Uma negociação seria uma chance para o Botafogo ajustar a sua saúde econômica, já que está em dificuldade financeira e salários atrasados. Mas Matheus Fernandes nega qualquer proposta oficial até agora.

"Para mim não (chegou proposta). Minha vontade é jogar, essa questão (de transferência) deixo mais para o meu pai e o clube definirem o melhor. Me mantenho focado no Botafogo, fazendo meu trabalho aqui. Naturalmente as coisas vão acontecer", afirmou o volante, com passagem pelas seleção brasileira sub-17.

RUMO AO TOPO

O trabalho feito por Marcos Paquetá visa colocar o Botafogo entre os primeiros na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Os cariocas estão na nona colocação, com 17 pontos. No retorno da competição, no próximo dia 18, enfrentam o Corinthians, na Arena Corinthians, em São Paulo.

"Estamos com mais fome de vencer e queremos subir no campeonato. Que possamos voltar fortes para somarmos pontos com as vitórias", projetou Matheus Fernandes.

SUL-AMERICANA

No segundo semestre, o Botafogo disputa ainda a Copa Sul-Americana. Na segunda fase da competição, encara o Nacional, do Paraguai, em dois jogos em agosto.

 
 
" />