Alberto Valentim faz mistério e não dá pistas sobre time titular do Avaí

O clube joga no próximo sábado, às 17 horas, contra o Fortaleza fora de casa

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 09 (AFI) - A menos de quatro dias para a estreia no Campeonato Brasileiro, o técnico Alberto Valentim ainda não deu nenhum indicio sobre o time titular do Avaí. Nem mesmo para os próprios jogadores.

Capitão do elenco, o zagueiro Betão afirma que essa é uma estratégia adotada pelo treinador para manter todos motivados, sem nenhuma posição cativa. O clube joga no próximo sábado, às 17 horas, contra o Fortaleza fora de casa.

Valentim também tem usado drone nos treinos
Valentim também tem usado drone nos treinos

“O trabalho do Alberto é interessante porque não tem deixado claro os 11 que vão jogar. Penso que é estratégia para manter os 30 jogadores em nível alto de trabalho.

Mudou o treinador ninguém está garantido em posição. Está tudo em aberto. Não sei se trabalha assim por todo o ano, mas achei válido não deixar claro os que vão jogar, assim todos trabalham no mesmo nível”.

OS REFORÇOS

Durante a parada para a Copa América, o Avaí contratou o lateral-direito Léo, o meia Gustavo Ferrareis, o meia Richard Franco e o atacante Bruno Sávio, além do próprio técnico Alberto Valentim, que chegou para substituir Geninho.

As mudanças foram uma reação ao momento ruim que o clube vive no Campeonato Brasileiro. Lanterna, com apenas quatro pontos, tem também o segundo pior ataque, com apenas quatro gols marcados.

“A chegada do novo treinador acrescentou a competitividade ao elenco. Todo treino com ele tem que ser competitivo, em alto nível, nível de jogo. Não tem aquela coisa de treinar a meio fio, tem que ser intenso em todos os treinos.

Tanto que ele incentiva isso, mesmo no bobinho, quem perde tem que pagar alguma coisa. Acostumar a vencer, a ganhar, e não aceitar a derrota. O principal é esse. Procurar vencer, nem que seja par ou ímpar”, completou Betão.