Em queda livre como visitante, Atlético-PR tem 'decisão' em Chapecó

Tiago Nunes já sabe que vai ter mudanças importantes no time titular do Atlético-PR

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 12 (AFI) - Do céu ao inferno em menos de um mês, o técnico Tiago Nunes ainda sofre com o fantasma da zona de rebaixamento. Depois de três vitórias consecutivas dentro de casa, o Atlético-PR voltou a esbarrar em um problema antigo: o aproveitamento fora de casa. Após duas derrotas consecutivas como visitante, o clube viaja para enfrentar a Chapecoense nesta quinta-feira, às 20 horas, em jogo adiado da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Tiago Nunes já sabe que vai ter mudanças importantes no time titular do Atlético-PR. Os meias Lucho González e Nikão estão automaticamente suspensos – o primeiro levou o terceiro cartão amarelo e o outro foi expulso na derrota por 3 a 1 para o Atlético-MG. O lateral-direito Jonathan também recebeu a terceira advertência e entra na lista de desfalques.

Em queda livre como visitante, Atlético-PR tem 'decisão' em Chapecó
Em queda livre como visitante, Atlético-PR tem 'decisão' em Chapecó
Por outro lado, o volante Wellington e o lateral-esquerdo Renan Lodi voltam a ficar à disposição depois de cumprir suspensão e já devem entrar no time. No meio, Rony deve começar como titular, enquanto Diego Ferreira e Reginaldo disputam uma posição na lateral-direita. Márcio Azevedo volta para o banco de reservas.

Com apenas cinco pontos conquistados como visitante e nenhuma vitória, o Atlético-PR tem uma das piores campanhas longe de Curitiba – são cinco empates e sete derrotas. Atualmente o clube aparece com 27 pontos, na 14ª posição. O jogo com a Chapecoense estava marcado para o dia 22 de agosto, mas teve que ser adiado porque o aeroporto de Chapecó, Serafim Enoss Bertaso, estava fechado devido ao mal tempo.

O provável time do Atlético-PR deve ser: Santos; Diego Ferreira (Reginaldo), Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Veiga; Marcinho, Rony e Pablo.

 
 
" />