Atlético-MG confirma acerto com meia colombiano Yimmi Chará por cinco anos

Em entrevista a uma rádio colombiana, o próprio jogador disse nos últimos dias que sonhava em jogava no Brasil

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 09 - O Atlético Mineiro confirmou, neste sábado, o acerto com o meia colombiano Yimmi Chará, do Junior Barranquilla. Segundo o clube mineiro, que enfrenta o Fluminense neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, apenas a realização de exames médicos impede o anúncio oficial do jogador de 27 anos.

"O Atlético está acertando a contratação do meia-atacante colombiano Yimmi Chará. O atleta chegará a Belo Horizonte no início da próxima semana para realização de exames médicos. Se aprovado, assinará com o clube por 5 temporadas", informou o Atlético Mineiro em suas redes sociais.

Atlético-MG confirma acerto com meia colombiano Yimmi Chará por cinco anos
Atlético-MG confirma acerto com meia colombiano Yimmi Chará por cinco anos
Yimmi Chará é um interesse antigo do time mineiro, que vê no jogador capacidade para substituir o venezuelano Romulo Otero, que se transferiu para o futebol árabe no mês passado. Em entrevista a uma rádio colombiana, o próprio jogador disse nos últimos dias que sonhava em jogava no Brasil e aguardava um contato do Atlético Mineiro.

Velocista que atua pelos lados do campo, Yimmi Chará foi revelado pelo Centauros, da Colômbia, passou pelos também colombianos Tolima e Atlético Nacional, e também por Dorados e Monterrey, do México, de onde se transferiu para o Junior Barranquilla em 2017.

Ele é conhecido de adversários brasileiros, já que enfrentou Sport e Flamengo na Copa Sul-Americana no ano passado e foi um dos adversários do Palmeiras na primeira fase da Copa Libertadores neste ano. Ele e seus companheiros do Junior Barranquilla foram eliminados da competição com uma derrota por 3 a 1 para o time alviverde na última rodada.

Autor de seis gols nesta temporada, Yimmi Chará foi convocado pelo treinador argentino José Pékerman para a lista preliminar da Colômbia para a Copa do Mundo. No entanto, assim como o volante Cuéllar, do Flamengo, foi cortado da relação final formada pelos 23 atletas que disputarão o Mundial.

 
 
" />