Com auxiliar no comando, Atlético-GO deve mudar para encarar o Santos

O treinador poderá contar com Gilvan, que cumpriu suspensão na última rodada

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GP, 23 (AFI) - Ainda sem definir um nome para substituir Vagner Mancini, hoje no Corinthians, o Atlético Goianiense terá Eduardo Souza na partida frente ao Santos nesta quarta-feira, às 20h30, na Vila Belmiro. O treinador interino prometeu colocar em campo uma equipe totalmente modificada daquela que vinha sendo escalada pelo ex-comandante.

O treinador poderá contar com Gilvan, que cumpriu suspensão na última rodada, mas não terá Edson, negociado com o futebol da Arábia Saudita. Oliveira treinou no setor. Já Willian Maranhão aparece como opção. Eduardo Souza indicou outras disputas, principalmente do meio de campo para o ataque.

Chico briga por posição com Matheus Vargas. Na frente, a disputa ficou por conta de Gustavo Ferrareis e Matheuzinho. Zé Roberto deverá ser escalado mais centralizado, como último homem de ataque da equipe goiana.

Atlético pronto para pegar o Santos
Atlético pronto para pegar o Santos

SITUAÇÃO
Na comissão fixa do clube, Eduardo Souza detém de total confiança da diretoria atleticana. O presidente Adson Batista afirmou que a agremiação terá muita calma antes de definir o nome do seu novo treinador, fato que poderá fazer com que o auxiliar tenha uma sequência no comando do Atlético.

Após quebrar uma sequência de cinco jogos sem vitória na Série B, ao derrotar o Red Bull Bragantino, por 2 a 1, o Atlético tem 18 pontos, na 12ª colocação, ainda próximo da zona de rebaixamento.

ATLÉTICO-GO: Jean; Dudu, Eder, Gilvan e Nicolas; Oliveira (Willian Maranhão), Marlon Freitas e Chico (Matheus Vargas); Janderson, Gustavo Ferrareis (Matheuzinho) e Zé Roberto. Técnico: Eduardo Souza (interino)