Adilson Batista tenta solucionar 'quebra cabeça' para escalar o América-MG

No treino desta sexta-feira o técnico não quis dar nenhum pista e fechou o trabalho para a imprensa

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 12 (AFI) - O América-MG vive uma semana carregada de tensão em Belo Horizonte. Temendo a zona de rebaixamento após cinco jogos sem vencer, o time de Adilson Batista se prepara para enfrentar o rival Atlético-MG neste domingo, às 19 horas, na Arena Independência, com mando de campo do adversário. O treinador já sabe que mais uma vez não vai poder repetir a escalação, mas aproveitou para fazer mistério nesta 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Desde que cheguei ao clube vem acontecendo essas necessidades. Estamos indo para o 15º jogo com a 15ª escalação diferente. Temos todas as preocupações sobre retornos, transições, substituição de jogadores suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Então, é encontrar aquilo que a gente entenda que seja melhor para o jogo e seja melhor coletivamente, a fim de fazermos um grande jogo”, avaliou Adilson Batista.

No treino desta sexta-feira o técnico não quis dar nenhum pista e fechou o trabalho para a imprensa. O goleiro João Ricardo, que não participou das atividades e vinha tratando de um incômodo muscular, passou a ser dúvida de última hora. Se não joga, Jori deve assumir a condição de titular – Fernando Leal também é opção, mas Adilson não deu nenhum pista. Lima e Norberto ainda fazem transição física e não jogam.

Adilson Batista tenta solucionar 'quebra cabeça' para escalar o América-MG
Adilson Batista tenta solucionar 'quebra cabeça' para escalar o América-MG
Os volantes Wesley e Leandro Donizete receberam o terceiro cartão amarelo na derrota por 4 a 0 para o Atlético-PR e também são desfalques certos. Giovanni, que vinha se recuperando de lesão, pode assumir a vaga, mas Zé Ricardo também é opção, enquanto David já está confirmado. Na frente, Matheusinho, Ruy, Luan e Rafael Moura brigam por apenas duas posições.

“Tenho de pensar em trocas físicas, táticas, além de trocas em função de explorar o lado mais forte, de suportar o ataque do adversário e de alterar a estratégia no segundo tempo. Então, prefiro aguardar, acompanhar e tomar a decisão no sábado”, finalizou Adilson. Sem vencer há cinco jogos, o América-MG aparece com 32 pontos.

O provável time do América-MG deve ser: João Ricardo (Jori); Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; David, Juninho, Giovanni (Zé Ricardo) e Gerson Magrão; Matheusinho (Ruy) e Luan.

 
 
" />