ALAGOANO: Com goleiro inspirado, CSA perde jogo, mas fatura título diante do CRB

Além de boas defesas no tempo normal, o goleiro João Carlos defendeu as duas primieras cobranças de pênalti do CRB

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 21 (AFI) - O CRB até conseguiu reverter a vantagem e venceu o CSA por 1 a 0 no tempo normal do segundo jogo da final do Campeonato Alagoano.

Na cobrança de pênaltis, porém, o goleiro azulino, João Carlos, brilhou e garantiu o bicampeonato, em partida realizada no estádio Rei Pelé. Este é o 39º título estadual do CSA, nove a mais do que o rival.

COBERTURA COMPLETA

O Portal FUTEBOL INTERIOR acompanha todos os Campeonatos Estaduais do Brasil online pelo PLACAR AO VIVO e também depois com comentários e destaques da rodada.

Baixe também o Aplicativo - App Placar FI - tanto pelo Google Play como APP Store.

VEJA TODOS OS DETALHES DOS ESTADUAIS!

CRB PRESSIONA NO COMEÇO

Como perdeu o primeiro jogo por 1 a 0, o CRB não demorou para tomar a iniciativa. Aos 11 minutos de jogo a primeira boa chance: Guilherme Mattis chutou muito forte para boa defesa do goleiro do CSA.

Cinco minutos depois, após cobrança de escanteio, Wellington Carvalho cabeceou e a bola bateu na parte de fora da rede.

PRESSÃO E GOL

Com a pressão, o CRB marcou aos 21 minutos. Após brigar pela bola no alto, Junior invadiu a área pela direita e chutou forte, cruzado. O goleiro espalmou e Hugo Sanches completou do jeito que deu e mandou para o gol com a coxa direita.

A partir daí, o jogo deu uma esfriada, o que permitiu o CSA se organizar melhor e também chegar com perigo. Aos 34 minutos, Patrick Fabiano arrancou em velocidade e chutou forte para boa defesa do goleiro. Aos 42, Apodi chegou com perigo, mas o goleiro abafou o lance e conseguiu evitar o gol.

CRB SEGUE MELHOR, MAS NÃO ACHA SEGUNDO GOL

O CRB continuou a buscar o gol na etapa final. Com menos de quatro minutos, Mailson recebeu dentro da área e chutou forte para outra boa defesa. De fora da área, Victor Rangel também levou perigo aos 15.

Acuado, o CSA chegou com perigo no final, aos 36. Matheus Sávio recebeu na intermediária e chutou colocado. A bola desviou no caminho e quase entrou no ângulo. Já nos acréscimos, o CRB quase marcou o gol do título com cabeçada de Zé Carlos, mas João Carlos defendeu bem e Luciano Castán afastou de vez o perigo.

GOLEIRO DO CSA BRILHA NOS PÊNALTIS

Além das defesas no tempo normal, João Carlos iria brilhar nos pênaltis e defendeu as duas primeiras cobranças do CRB, feitas por João Paulo e Lucas. Com isso, o CSA abriu 2 a 0 com Matheus Sávio e Carlinhos.

Na terceira, Victor Rangel fez o primeiro do CRB e Rafinha perdeu para o CSA. Na quarta, Dawhan fez para o CSA e Guilherme Mattis para o CRB, com o placar ficando 3 a 2. Na quinta e última, Luciano Castán converteu para o CSA e definiu o título.

Ficha Técnica

CRB

CRB
1 x 0
CSA

CSA

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
21/04/2019
Horário
16h00
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA/RJ)

Assistentes
Guilherme Dias Camilo (MG) e Neuza Inês Back (SC)

Cartões Amarelos
CRB: Lucas, Victor Rangel
CSA: Apodi, Luciano Castán, Patrick Fabiano, Mauro Silva

Gols
CRB: Hugo Sanches 21' 1T
CRB
Edson Mardden;
Júnior, Wellington Carvalho, Guilherme Mattis e Igor;
Claudinei, Hugo Sanches (João Paulo) e Lucas;
Wiliam Barbio (Ferrugem), Mailson (Zé Carlos) e Victor Rangel.
Técnico: Marcelo Chamusca
CSA
João Carlos;
Apodi, Luciano Castán, Gerson e Rafinha;
Dawhan, Mauro Silva (Manga Escobar), Didira (Carlinhos) e Matheus Sávio;
Robinho (Victor Paraíba) e Patrick Fabiano.
Técnico: Marcelo Cabo