ESPECIAL COPA DO BRASIL: Campeão brasileiro, Atlético-MG não dá chance ao xará e fatura título e milhões

Galo voltou a levantar a Copa do Brasil após sete anos

Além do título, o Galo embolsou a bagatela de R$ 71,15 milhões, a maior arrecadação do futebol brasileiro

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 25/12/2021

Galo levanta a Copa do Brasil. (Foto: Pedro Souza / Atlético-MG)

Belo Horizonte, MG, 25 (AFI) – Dia sim, dia não, o Galo é campeão. O Atlético-MG voltou a cantar alto dias após a conquista do Campeonato Brasileiro. Se a segunda taça na Série A demorou 50 anos, na Copa do Brasil foram sete temporadas. O time mineiro não deu a menor chance ao xará Athletico-PR com vitórias no Mineirão (4 a 0) e na Arena da Baixada (2 a 1).

Além do título, o Galo embolsou a bagatela de R$ 71,15 milhões, a maior arrecadação do futebol brasileiro. O campeão da Copa do Brasil tem vaga garantida na Supercopa do Brasil. Como o Atlético venceu o Brasileirão e a Copa BR, o duelo de 2022 será diante do Flamengo, vice na Série A.

Ao longo de sua caminhada na Copa do Brasil – nove vitórias e uma derrota -, o Atlético passou por Remo, Bahia, Fluminense, Fortaleza e Athletico-PR. Foram oito vitórias e só uma derrota. No jogo de ida da final, o Galo garantiu o maior público da Copa do Brasil (53.181).

IGUALOU!
O Atlético-MG ainda igualou o rival Cruzeiro. Só os dois clubes de Belo Horizonte venceram o Brasileirão e a Copa do Brasil no mesmo ano. A Raposa fez a dobradinha nacional em 2003 e o Galo, agora, em 2021. O título ainda fez Minas Gerais se isolar na vice-liderança com oito conquistas, um a mais do que o Rio Grande do Sul e dois a menos do que o recordista São Paulo.

NA HISTÓRIA!
O técnico Cuca deu o primeiro título da Libertadores ao Atlético-MG em 2013, acabou com o jejum de 50 anos no Brasileirão e, agora, entrou para a lista de campeões da Copa do Brasil. Cuca é o 26º técnico a levantar o troféu do torneio nacional.

ARTILHEIRO!
O Atlético-MG ainda fez o artilheiro da competição. O atacante Hulk marcou oito gols na campanha do título e foi o chuteira de ouro. Hulk já tinha sido o artilheiro do Brasileirão com 17 gols. Ele foi um dos grandes nomes na temporada especial do clube mineiro.

AtlxBah Divulgacao 01 ori 2
Artilheiro do Brasileirão e da Copa do Brasil. (Foto: Divulgação)

RACISMO!

No jogo final da Copa do Brasil, alguns torcedores do Furacão foram flagrados fazendo atos racistas. Os torcedores do Atlético-MG ficaram na parte superior atrás de um dos gols da Arena da Baixada. Durante o intervalo, as torcidas começaram a se provocar. Dois torcedores do Rubro-negro viraram para a torcida do Galo e passaram a mão na pele e imitaram macaco para os rivais. Eles também fizeram gestos obscenos.

Em outro vídeo que circula na web, uma torcedora em um dos camarotes da Arena da Baixada faz gestos racistas para a própria torcida do Furacão. Um torcedor chega a subir no vidro do camarote para tirar satisfação com ela. O Athletico prometeu tomar medidas contras esses torcedores.

Confira também: