Campeão brasileiro e da Copa BR! Saiba quem o Atlético-MG pegará na Supercopa do Brasil

Supercopa do Brasil, em jogo único, será em 20 de fevereiro

Galo foi campeão do Brasileirão e da Copa do Brasil

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 16/12/2021

Galo na Supercopa. (Foto: Pedro Souza / Atlético-MG)

Belo Horizonte, MG, 16 (AFI) – O Atlético-MG tomou conta do país na temporada 2021. O Galo faturou os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Mas ainda assim, não pode festejar a conquista da Supercopa do Brasil. Mesmo tendo ganho os dois principais torneios, o clube mineiro será obrigado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a disputar a Supercopa em 2022.

De acordo com o regulamento, quando um time ganha o Brasileirão e a Copa do Brasil, a final da Supercopa do Brasil é diante do vice-campeão brasileiro. Ou seja, o Athletico-PR, vice da Copa do Brasil, está fora. A final caiu no colo do Flamengo, campeão nas últimas duas edições da Supercopa.

Mesmo tendo passado em branco em 2021, o Mengo ainda tem a chance de começar 2022 com o título da Supercopa do Brasil. A decisão, em jogo único, será em 20 de fevereiro. A CBF ainda divulgará a data e o local. Em 2019 e 2020, a decisão aconteceu no Mané Garrincha, em Brasília.

Na edição de 2020, o Flamengo derrotou o Athletico-PR por 3 a 0. Em 2021, bateu o Palmeiras nos pênaltis, por 6 a 5, depois de empate por 2 a 2 no tempo normal.

A CBF pagará premiação a Atlético-MG e Flamengo pela participação na Supercopa do Brasil. Em 2020 e 2021, a entidade destinou R$ 5 milhões ao campeão e R$ 2 milhões ao vice. Os rivais voltam a se enfrentar em uma decisão depois de mais de 40 anos. Em 1980, o time rubro-negro ficou com o troféu do Brasileirão ao ganhar o jogo de volta por 3 a 2, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

TRÍPLICE COROA!
O título dá ao Galo a ‘tríplice coroa’ em 2021, pois antes já havia conquistado o Campeonato Mineiro (em cima do América-MG) e o Campeonato Brasileiro (bicampeão após 50 anos). Uma temporada inesquecível para o clube e também ao torcedor que teve poucos motivos para reclamar.

Além do terceiro título do ano, Atlético-MG também garantiu premiação de R$ 56 milhões por mais um caneco. Enquanto o vice-campeão Athletico-PR receberá R$ 23 milhões. A vaga na Libertadores, que geralmente é conquistada com o título da Copa do Brasil, já havia sido garantida pelo Galo no Brasileirão.

Confira também: