Athletico Atlético-MG
Athletico-PR 1 x 2 Atlético-MG - Galo é bicampeão e chega a tríplice coroa em 2021!

Galo entrou em campo com ótima vantagem após ter vencido o confronto de ida por 4 a 0

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 15/12/2021

Atletico Athletico CopadoBrasil 2021 2 e1639623824404
Confronto foi bastante tenso, sobretudo no primeiro tempo

Curitiba, PR, 15 (AFI) – O Atlético-MG é bicampeão da Copa do Brasil, após novamente vencer o Athletico-PR, desta vez por 2 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pelo confronto de volta da decisão. A conquista coroa o ano mágico do clube com três grandes conquistas e o melhor futebol do país.

O Atlético-MG entrou em campo com ampla vantagem após ter vencido o confronto de ida, por 4 a 0, no Mineirão. Um resultado que deixou os mineiros muito próximos do título, que foi consumado ao apito final de Anderson Daronco.

O título dá ao Galo a ‘tríplice coroa’ em 2021, pois antes já havia conquistado o Campeonato Mineiro (em cima do América-MG) e o Campeonato Brasileiro (bicampeão após 50 anos). Uma temporada inesquecível para o clube e também ao torcedor que teve poucos motivos para reclamar.

Além do terceiro título do ano, Atlético-MG também garantiu premiação de R$ 56 milhões por mais um caneco. Enquanto o vice-campeão Athletico-PR receberá R$ 23 milhões. A vaga na Libertadores, que geralmente é conquistada com o título da Copa do Brasil, já havia sido garantida pelo Galo no Brasileirão.

FINAL DA SUPERCOPA DO BRASIL

Campeão Brasileiro e agora da Copa do Brasil, o Atlético-MG enfrentará o Flamengo na Supercopa do Brasil, marcada para o final de fevereiro de 2022. O local ainda não foi definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

VANDALISMO NA ARENA

Antes da bola rolar, o Atlético-MG foi recebido com clima hostil na Arena da Baixada. O ônibus com a delegação mineira foi apedrejado e atingido por latas de cerveja, causando pânico dentro do veículo. O Galo registrou tudo em vídeo e mostrou a truculência dos torcedores do Furacão nas redes sociais.

TRUNCADO E COM GALO NA FRENTE

Com bola rolando, os times fizeram um primeiro bastante truncado e violento. Foram inúmeras divididas e jogadores caídos em campo. Quando quis jogar, o Athletico-PR teve ligeira vantagem e até chegou a balançar as redes com Pedro Rocha, aos 19 minutos, mas o gol foi anulado devido ao toque de mão do atacante dentro da área.

Aos poucos o Atlético-MG equilibrou a partida e num contra-ataque abriu o placar. Aos 24 minutos, Vargas carregou a bola, tocou para Zaracho e Keno, dentro da área, concluiu praticamente com o gol vazio, colocando os mineiros ainda mais próximo do bicampeonato da Copa do Brasil.

O gol do Galo desestabilizou o Athletico-PR, muito nervoso em campo e que ainda perdeu Renato Kayzer com lesão no tornozelo esquerdo. Os mineiros sentiram o bom momento e poderiam ter ampliado aos 29 minutos, quando Hulk recebeu dentro da área e finalizou por cobertura, muito próximo da trave do goleiro Santos.

Antes do intervalo, aos 50, Keno foi lançado, invadiu a área e finalizou em cima de Santos, ganhando escanteio. Mas posteriormente Vargas chutou uma bola na torcida do Athletico-PR, gerando enorme confusão em campo e forçando Anderson Daranco a encerrar a etapa inicial.

Atletico Athletico CopadoBrasil 2021 2
Confronto foi bastante tenso, sobretudo no primeiro tempo

GALO MOSTRA SUA FORÇA E É CAMPEÃO

No segundo tempo, o Athletico-PR voltou mais tranquilo, tocando a bola e criando chances de empatar. Logo no primeiro minuto, Fernando Canesin finalizou de fora da área e obrigou Everson espalmar pela linha de fundo. Aos dez minutos, Vinicius Mingotti balançou as redes, mas o gol foi anulado corretamente por posição irregular.

A postura do Atlético-MG foi mais cautelosa, mas ainda assim o time criou chances com a bola nos pés. Aos 22, Arana fez jogada individual e Santos precisou intervir. Depois, aos 24, Allan arriscou de longe e Santos espalmou com a ponta dos dedos para a linha de fundo.

Aos 30 minutos, o Atlético-MG fez o segundo gol e praticamente selou o título. Savarino recebeu bola no meio-campo e lançou Hulk por trás da defesa adversária. O atacante recebeu sozinho e finalizou por cobertura, num golaço.

Com 2 a 0 no placar, o show passou a ser da torcida do Athletico-PR nas arquibancadas, fazendo uma linda festa e transmitindo uma energia extremamente positiva ao elenco apesar da perda do título. E nesse ritmo os donos da casa descontaram aos 41 minutos, após cruzamento da esquerda e cabeceio de Jaderson.

Visitante indigesto, o Atlético-MG esperou o apito final para comemorar pela terceira vez o grito de campeão da temporada.

FICHA TÉCNICA

Athletico
Athletico
1 2
Atlético-MG
Atlético-MG
Fase Fase:
Final
Fase Rodada:
2
Fase Data:
15/12/2021
Fase Hora:
9:30 pm
Fase Arbitro:
Anderson Daronco (RS)
Fase Assistentes:
Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Rafael da Silva Alves (RS)
Fase Estádio:
Arena da Baixada
Fase Público:
32.557 (34.050) pagantes
Fase Endereço:
Curitiba (PR)
Fase Renda:
R$ 2.064.270,00
Fase Cartões Amarelos:
Athletico-PR: Abner Vinicius, Léo Cittadini e Renato Kayzer
Atlético-MG: Jair e Vargas
Fase GOLS:
Athletico-PR: Jaderson 41’/2T
Atlético-MG: Keno 24’/1T e Hulk 30’/2T

Confira também: