Adversário do Oeste na Copa BR fala em jogar o Brasileirão em seis anos

Clube ficou 44 anos sem jogar a elite estadual e, agora, disputará a Copa do Brasil e a Série D do Brasileirão

Marcelo Vilar tem a missão de ajudar o Fluminense em seu ousado objetivo

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 18/01/2022

fluminense pi
Flu começou bem a temporada. (Foto: Divulgação)

Teresina, PI, 18 (AFI) – O Fluminense, do Piauí, irá debutar na Copa do Brasil e terá como adversário o Oeste. Se os paulistas jogarão pelo empate, os nordestinos poderão atuar a partida única em casa. Com calendário cheio em 2022, o Fluminense tem um audacioso objetivo para atingir em pouco tempo.

“Temos que pensar para cima. Fui assistir às duas partidas do Fluminense-PI na Copa São Paulo de Futebol Júnior e lá, conversando com os cronistas, eles fizeram a pergunta de qual era o objetivo do Fluminense-PI, revelar valores? E eu disse, não. O Fluminense-PI quer Série A do Brasileiro. Eles, Série A? Em quanto tempo? Eu, talvez seja ousado, em seis anos”, disse João Vicente Claudino, presidente de honra do clube piauiense.

Fundado em 31 de janeiro de 1938, o Fluminense Esporte Club ficou 44 anos sem disputar a elite do Campeonato Piauiense. Voltou o ano passado graças ao título da segunda divisão. E o Tricolor não decepcionou ao se sagrar vice-campeão estadual. Por conta disso, ganhou vagas na Copa do Brasil e na Série D do Brasileirão de 2022.

TÉCNICO EXPERIENTE!
O Fluminense, aliás, já iniciou sua temporada e em grande estilo. O Vaqueiro Tricolor bateu o Parnahyba, fora de casa, por 3 a 0, na estreia do Campeonato Piauiense. À frente do Fluminense está o experiente Marcelo Vilar, responsável por buscar a meta audaciosa de João Vicente Claudino.

“Os atletas estão iniciando um projeto bastante ousado da direção, e eles são conscientes disso e da responsabilidade que eles têm. Acredito que não vai faltar esforço, dedicação”, disse Vilar.

marcelo vilar
Marcelo Vilar, técnico do Fluminense. (Foto: Divulgação)

Marcelo Vilar e Lima Lopes tem 60 anos e é natural de Fortaleza. O treinador, aliás, é o atual campeão piauiense pelo Altos. Ele conhece bem o futebol nordestino, tendo passado com sucesso por Ceará, Treze, Botafogo-PB e Ferroviário, além de outros clubes como Fortaleza, Ríver-PI, Barueri, Caxias, Moto Club, São Caetano e Ferroviária.

PLANEJAMENTO!
Trabalhando desde setembro, o Fluminense aproveitou a Copa São Paulo de Futebol Júnior para garimpar atletas e ‘subiu’ três garotos ao profissional. São eles: o lateral Batista, o zagueiro David e o atacante Moisés.

“Formamos uma comissão técnica em setembro, deu tempo para o nosso treinador Marcelo Vilar formar a comissão, ir ao mercado, buscar atletas. Começamos em outubro (a formação do elenco), todos estão aqui. A metade nunca disputou o Campeonato Piauiense. Foi um trabalho pensado, organizado e planejado, por isso, esses objetivos tão ousados”, finalizou o presidente de honra do Fluminense.

Confira também: