Copa do Brasil: Jorginho vê Vasco confiante e garante: 'Acreditamos na virada'

Além da confiança do próprio elenco, o técnico exaltou o comportamento da torcida, que promete lotar São Januário

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 20 - O Vasco joga seu futuro na Copa do Brasil nesta quarta-feira. Depois da derrota por 3 a 1 na partida de ida das oitavas de final diante do Santos, o time cruzmaltino recebe o mesmo adversário em São Januário em situação complicada, precisando vencer por 2 a 0 - ou qualquer placar superior a dois gols de diferença - para ir às quartas. O técnico Jorginho sabe da dificuldade, mas mostrou confiança.

"O desejo é que a gente consiga fazer o placar que nos interessa. Se for uma vitória por 2 a 0, maravilhoso. É difícil, mas nós acreditamos. Isso nos trará uma motivação muito grande. Acreditamos muito que é possível virar. Treinamos forte para fazer com que a equipe entre em campo bem encaixada", declarou nesta terça.

CALDEIRÃO
Além da confiança do próprio elenco, Jorginho exaltou o comportamento da torcida. Os vascaínos têm apoiado o time na Série B e prometem lotar São Januário nesta quarta, também em função dos ingressos mais baratos disponibilizados pela diretoria. Com a promessa de um "caldeirão", o treinador espera que seus jogadores se contagiem.

Além da confiança do próprio elenco, Jorginho exaltou o comportamento da torcida, que promete lotar São Januário - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Além da confiança do próprio elenco, Jorginho exaltou o comportamento da torcida, que promete lotar São Januário
"A torcida está acreditando. A diretoria abaixou os preços dos ingressos e o estádio estará cheio. Isso se torna importante no momento que você entra concentrado, atento e encara o jogo como se fosse uma final. É fundamental que nós façamos esse tipo de partida, pois dessa forma São Januário se tornará de fato um caldeirão. Sempre que entramos em campo focados, determinados e fazendo uma marcação forte, sendo uma equipe criativa, a torcida acompanha e vem junto, criando um clima desfavorável para o adversário", analisou.

O retrospecto também joga a favor do Vasco, que venceu as últimas seis partidas que fez contra o Santos em São Januário. Para buscar o placar necessário na quarta, Jorginho pediu uma partida sem erros. "Não podemos errar contra uma equipe como o Santos. Estamos buscando a fórmula do 'erro zero'. É difícil, mas não podemos cometer erros primários."