Futebol Feminino: São José é tricampeão dos Jogos Abertos do Interior

Em final como em 2015, joseenses ficam com o ouro em jogo disputado e decidido nos pênaltis contra o Rio Preto

por Agência Futebol Interior

São José Dos Campos, SP, 21 (AFI) - Na última segunda-feira, O São José enfrentou seu último desafio nos Jogos Abertos do Interior, que está acontecendo em São Bernardo do Campo. O adversário do São José foi o Rio Preto, repetindo a final do ano passado onde o time da Águia foi campeão. A partida aconteceu no Estádio Baetão, com fortes emoções empatando em 3 a 3 no tempo regular e decidido nos pênaltis, onde o São José ganhou de 5 a 4, com uma bela defesa de Vivi. Com esse troféu, o São José Futebol Feminino celebra o tricampeonato da competição (2008, 2015 e 2016).

O JOGO
As Meninas da Águia entram em campo com Vivi, Bagé (C), Gislaine, Raquelzinha, Flavi, Peçanha, Isa, Alanna, Rosana, Michele Carioca e Luize . A técnica Emily Lima ainda tinha a sua disposição Thais Helena, Jujuba, Vivi de Martino, Suellen, Gabi, Pâmela e Raquel Rabello. Apenas uma substituição foi feita, ao final da partida, quando Isa deu lugar à Raquel Rabello.
São José EC conquistou o tricampeonato dos Jogos Abertos do Interior (Foto: Arthur Marega Filho/ São José)
São José EC conquistou o tricampeonato dos Jogos Abertos do Interior (Foto: Arthur Marega Filho/ São José)

No primeiro tempo o Rio Preto começou na frente abrindo o placar aos 4’, ainda teve a chance de ampliar, mas desperdiçou um pênalti aos 15’. Com um gol de cobertura aos 23’ a meia Rosana igualou o placar para o São José. Na segunda metade da partida, Rosana marcou novamente aos 3’ e virou o jogo, mas aos 20’ e 24’ o Rio Preto balançou as redes ficando à frente do placar. Mas aos 27’, em uma cobrança de falta fora da área, Luize acertou o pé e marcou para o São José deixando a decisão empatada até o fim do jogo dividido em dois tempos de 30 minutos.

Foi na cobrança de pênaltis que as joseenses levaram a medalha de ouro nas Olimpíadas Caipira. O placar foi de 5 a 4, com todos os chutes joseenses convertidos e uma boa defesa de Vivi no chute de Cimeia. As batedoras da Águia foram Rosana, Bagé, Luize Nery, Alanna e Gislaine. O gol do título foi marcado pela zagueira Gislaine, uma das mais antigas da equipe do São José, que retornou recentemente após um ano em tratamento por conta de uma lesão.
EMOCIONADA!
A atacante do São José, Luize, comemorou bastante o título e se mostrou muito grata com a forma que foi acolhida no time.

“Me emocionei muito pois na minha volta, assim como em 2008, conquistamos os Jogos Abertos! Como eu sempre disse, o São José é muito grande e quero que ele se mantenha na elite do futebol feminino. Agradeço a toda comissão técnica e jogadoras que me receberam muito bem. Agora é focar na Copa do Brasil”, declarou Luize.

A outra atacante, Alanna, também expressou sua felicidade com mais essa conquista: “Estou muito feliz por termos conseguido esse título, depois de tantas dificuldades que passamos esse ano, nada melhor do que ser campeã. O time agora vai com um gás a mais para o restante da Copa do Brasil”.
A zagueira Gislaine Boneco, em retorno aos gramados, é só alegria. “Foi um jogo muito difícil, a gente sabia da qualidade do Rio Preto e que não poderíamos dar bobeira. Começamos bem a partida e administramos bem, mas elas jogaram em cima dos nossos erros e fizeram os gols. Mas graças a Deus conseguimos levar para os pênaltis e assim sair de lá com mais um título para nossa cidade. Agora o foco é a Copa do Brasil, temos um jogo importantíssimo na quarta e vamos lá em busca de uma vitória”.
COPA DO BRASIL
As joseenses não terão tempo para descansar. Nesta terça-feira pela manhã, embararam para Imperatriz/MA, onde enfrentam o JV Lideral/MA, pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. O jogo será na quarta-feira, 21/09, às 20h15, no estádio Frei Epifânio. A partida de volta será na semana seguinte, 28/09, no Martins Pereira em São José dos Campos.