Acertado com clube tailandês, Felipe Azevedo é liberado pela Ponte Preta

Um dos jogadores mais regulares da Macaca nos últimos anos, ele marcou 16 gols em 70 jogos com a camisa alvinegra

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 (AFI) - Um dos principais jogadores da Ponte Preta nas últimas duas temporadas, Felipe Azevedo não vai mais vestir a camisa alvinegra. De pré-contrato assinado com um clube da Tailândia (Changran United), o atacante foi liberado pela diretoria antes mesmo da última rodada do Campeonato Brasileiro, adiada para o dia 11 por conta da tragédia envolvendo a Chapecoense. A Macaca se despede diante do Coritiba, no Estádio Moisés Lucarelli.

Felipe Azevedo chegou ao Majestoso para a disputa do Brasileirão do ano passado e desde então foi um dos jogadores mais regulares da Ponte Preta. Justo quando vivia seu melhor momento, ficou afastado cerca de dois meses por conta de uma lesão no tornozelo esquerdo e quando voltou perdeu a titularidade, indo para o banco de reservas nesta reta final de Brasileirão.

Felipe Azevedo tem pré-contrato assinado com clube da Tailândia e não vai mais atuar pela Ponte Preta
Felipe Azevedo tem pré-contrato assinado com clube da Tailândia e não vai mais atuar pela Ponte Preta

Hoje com 29 anos, Felipe Azevedo foi revelado nas categorias de base do XV de Piracicaba e passou por América-SP, Ituano, Juventude, Paulista de Jundiaí, Santos, Busan IPark-KOR, Ceará e Sport até ser contratado pela Ponte Preta. Na Macaca, o atacante disputou 70 jogos e marcou 16 gols. Ele se destacou por desempenhar uma função tática importante, atuando pelas beiradas e ajudando a marcar os laterais adversários.

MAIS LIBERAÇÕES!
Por conta da tragédia envolvendo a Chapecoense na madrugada da última terça-feira, a última rodada do Campeonato Brasileiro foi adiada para o dia 11 de dezembro. Para não prejudicar o planejamento de 2017, já que os jogadores têm direito a 30 dias de férias, a diretoria estuda liberar algumas peças antes da partida contra o Coritiba para que elas possam se apresentar no dia 4 de janeiro, quando a Macaca inicia a pré-temporada.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, João Vitor também já foi liberado pela diretoria dos treinamentos e ainda não sabe se vai voltar a vestir a camisa da Ponte Preta. Apesar de ambas as partes terem interesse na renovação do contrato, a Macaca precisa se acertar com o Maldonado-URU, clube que é dono de seus direitos econômicos.

Outro jogador que não vai enfrentar o Coritiba é Douglas Grolli. Revelado pela Chapecoense, o zagueiro ficou bastante abalado com a tragédia da última terça-feira e foi liberado pela diretoria para viajar à Chapecó.