Após tragédia com Chapecoense, CBF adia final da Copa do Brasil

Tanto o Grêmio e depois o Atlético Mineiro já pediam o adiamento da final da Copa do Brasil

por Agência Estado

São Paulo, SP, 29 - A CBF anunciou o adiamento do segundo jogo da final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Atlético Mineiro, em razão da tragédia do voo da Chapecoense, na Colômbia, na madrugada desta terça-feira. O duelo estava marcado para noite desta quarta, em Porto Alegre, na Arena Grêmio. No jogo de ida, no Mineirão, os gaúchos venceram por 3 a 1.

"A CBF comunica o adiamento da final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Atlético Mineiro, inicialmente prevista para amanhã [quarta]. Definições a respeito deste jogo serão informadas ao longo do dia", anunciou a CBF, no início desta manhã. Ainda não há definição sobre a nova data da partida decisiva.
Grêmio venceu o Atlético, por 3 a 1, no Mineirão. Jogo de volta foi cancelado pela CBF
Grêmio venceu o Atlético, por 3 a 1, no Mineirão. Jogo de volta foi cancelado pela CBF

A tragédia aconteceu na madrugada desta terça-feira, a caminho da cidade colombiana de Medellín para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. O acidente causou a morte de 76 mortes, segundo as autoridades locais. Havia 81 pessoas à bordo, sendo nove tripulantes. Há, porém, duas pessoas que constavam na lista inicial, mas não embarcaram. De acordo com autoridades, há cinco sobreviventes, entre eles três jogadores do time.

JORNALISTAS MORTOS
No avião, que levava a delegação da Chapecoense para a partida decisiva, havia também jornalistas da Fox Sports e da Rede Globo, entre eles o ex-jogador Mário Sérgio Pontes de Paiva, comentarista esportivo da Fox.

"A CBF manifesta a sua consternação com as notícias que chegam da Colômbia, dando conta de um acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados, a caminho do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana", registrou a CBF.

"Estamos em contato com a Conmebol, autoridades locais e representantes do clube em busca de mais informações, antes de quaisquer possíveis medidas quanto ao andamento do futebol brasileiro. Desde já, manifestamos a nossa solidariedade e direcionamos nossas orações aos passageiros e tripulantes do voo", declarou a entidade.

SEM ATIVIDADES
Organizadora da Copa Sul-Americana, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) cancelou todas as atividades esportivas sobre a competição. O site oficial do rival da Chapecoense, Atlético Nacional, também se manifestou sobre o acidente, lamentando o ocorrido e desejando sorte ao time brasileiro e aos sobrevivente.

De acordo com a imprensa local ainda, o avião perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (1h15 de Brasília). O SOS foi emitido entre as cidades de Ceja e Lá Unión. O avião, de matrícula CP2933, fez uma parada em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, depois de decolar do Brasil.