Coritiba x Figueirense- Celebrando 107 anos, Coxa quer presentear torcida com vitória

Lutando contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, Figueirense espera estragar aniversário do clube paranaense

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 11 (AFI) – Em confronto direto na briga contra o rebaixamento, Coritiba e Figueirense medem forças nesta quarta, às 19h30, no Estádio Couto Pereira. O discurso nos clubes é o mesmo, jogadores e comissão técnica ressaltam que os nove jogos restantes devem ser encarados como decisões. Neste cenário, o duelo pode ser um ‘divisor de águas’ na vida dos times que se enfrentam na data em que, o Coxa celebra 107 anos de sua fundação. O duelo será válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois times chegam para este jogo em busca da reabilitação, vindo de derrotas doloridas na última rodada. O Coritiba foi derrotado pelo Internacional, por 1 a 0, no Beira-Rio, porém, desperdiçou um pênalti quando a partida estava empatada, por 0 a 0.

Já o Figueirense, perdeu em casa para o Botafogo, com um gol nos acréscimos da arbitragem, em lance descrito como “duvidoso” pelo técnico Marquinhos Santos. No momento, o Coritiba é o 13° colocado, com 36 pontos, enquanto o Figueira é o 18°, com 31.

Coritiba espera presentear a torcida com um vitória no Couto Pereira
Coritiba espera presentear a torcida com um vitória no Couto Pereira
QUEM SAI PARA ENTRADA DO TURCO?
Mesmo derrotado em Porto Alegre, Paulo César Carpegiani fez questão de elogia a atuação do seu time. O técnico adiantou na coletiva do último domingo, que não mexeria no time, exceção feita ao turco Kazim que volta a ficar à disposição, após cumprir suspensão automática.

Assim sendo, o time deve ser o mesmo da última partida, ficando apenas a dúvida de quem sai para a entrada de Kazim. Iago ou Vinicius devem deixar o time. Contudo, Carpegiani só deve confirmar sua opção minutos antes da partida.

107 NOS DO COXA
As comemorações do aniversário do Coritiba começara na última segunda, com um jantar em Curitiba. O evento reuniu jogadores do elenco atual, membros da diretoria, torcedores e ídolos do passado.

"Nós queremos que o Coritiba volte a ser vitorioso como sempre foi para dar a alegria que nossa torcida tanto merece. E que esses 107 anos de Coritiba signifiquem muito mais nesta sequência”, declarou o presidente Rogério Portugal Bacellar, em entrevista ao site oficial do clube.

HORA DE TER ATITUDE
Tendo perdido os dois últimos jogos do campeonato, o Figueirense viu sua situação complicar ainda mais na tabela de classificação. No momento, o clube está a três pontos do Sport, primeiro time fora do Z4. Marquinhos Santos fez questão de destacar que, o momento exige atitude e postura por parte dos jogadores.

“Agora é entrega, disposição. Agora são jogos para separar homens de meninos. [...] Claro que tem que sentir a derrota. Não pode estar com um sentimento de satisfeito. Vi os atletas sentindo a derrota, tentado se mobilizar. Não pode se empatar tanto como o Figueirense”, declarou o técnico, em entrevista coletiva após a última partida.

Figueirense vê o fantasma do rebaixamento cada vez mais perto (Foto: Luiz Henrique / Figueirense)
Figueirense vê o fantasma do rebaixamento cada vez mais perto (Foto: Luiz Henrique / Figueirense)
DÚVIDAS
Tudo indica que o técnico manterá a base do time que vem atuando nos últimos jogos, porém, ele ganhou mais duas peças para este confronto: o zagueiro Marquinhos e o volante Ferrugem.A equipe ainda não está definida, sendo que Ferrugem pode ganhar a vaga de Renato. Já Everton Santos tem se destacado nos treinos e, não será surpresa se aparecer no lugar do meia Elvis. Entretanto, o técnico só vai confirmar o time momentos antes da partida.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
30ª rodada
Data
12/10/2016
Horário
19h30
Local
Couto Pereira - Curitiba (PR)
Árbitro
Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Renda
R$ 211.345,00
Assistentes
Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Público
12.087 pagantes
Cartões Amarelos
Coritiba-PR: Nery Bareiro, César Benítez, Wallyson Maia
Figueirense-SC: Marquinhos, Renato, Dodô

Coritiba-PR
Wilson;
César Benítez (César González), Luccas Claro, Nery Bareiro (Walisson Maia) e Juninho;
João Paulo, Raphael Veiga e Juan;
Iago, Kazim (Vinícius) e Leandro.
Técnico: Paulo César Carpegiani
Figueirense-SC
Gatito Fernández;
Ayrton, Marquinhos, Werley e Marquinhos Pedroso;
Josa, Renato (Ferrugem) e Dodô (Elvis);
Lins (Ermel), Rafael Moura e Everton Santos.
Técnico: Marquinhos Santos