Atlético-MG e Cruzeiro disputam meia Wagner, campeão brasileiro pelo Fluminense

O jogador está insatisfeito no Tiajin Teda-CHN, pediu a rescisão e quer voltar para o Brasil

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 15 (AFI) - A rivalidade entre Atlético-MG e Cruzeiro vai além das quatro linhas, como todo mundo sabe. E mais um capítulo estaria sendo travado nos bastidores. Isso porque os dois maiores clubes de Minas Gerais estão tentando a contratação do meia Wagner já visando a temporada 2017. O jogador atualmente está no Tianjin Teda-CHN.

No clube chinês desde o ano passado, quando foi negociado pelo Fluminense, Wagner tem contrato até junho de 2017, mas não vem sendo utilizado porque o Tiajin Teda já ultrapassou o limite de jogadores estrangeiros. Por esse motivo, o meia pediu a rescisão contratual e tem interesse em retornar ao Brasil.

Pouco aproveitado no Tianjin Teda, Wagner quer voltar ao futebol brasileiro em 2017
Pouco aproveitado no Tianjin Teda, Wagner quer voltar ao futebol brasileiro em 2017
A dupla formada por Atlético-MG e Cruzeiro teria entrado em contato com o jogador para saber da possibilidade em contratá-lo na próxima temporada, assim como alguns clubes de São Paulo e um de Dubai. No entanto, o meia vai dar prioriodade as propostas do futebol brasileiro.

As diretorias de Galo e Raposa não confirmam o interesse no jogador, pois o foco está no Brasileirão, onde os times vivem momentos distintos. O Atlético-MG é o terceiro colocado, com 56 pontos e ainda está na briga pelo título. A diferença para o líder Palmeiras é de cinco. Já a Raposa vem em 12º lugar, com 37 pontos e ainda precisa de mais três vitórias para escapar do rebaixamento.

Wagner tem 31 anos e foi revelado no América-MG, mas foi no Cruzeiro onde ganhou projeção. Defendeu a Raposa entre 2004 e 2009, disputando mais de 200 partidas, conquistando três campeonatos mineiros e se tornando ídolo da torcida. Mesmo assim, o meia estaria mais propenso a aceitar a proposta do Atlético do que voltar ao time azul celeste.

O jogador passou por Al Ittihad-SAU, Lokomotiv Moscou-RUS e Gaziantepspor-TUR até voltar ao Brasil em 2012 para defender o Fluminense. Ficou no Tricolor por três temporadas e se sagrou campeão brasileiro em 2012, sendo um dos principais jogadores do elenco. No começo do ano passado foi negociado com o Tianjin Teda-CHN.