Série C: 'Eu morreria pelo América', diz meia após rebaixamento. Veja o vídeo!

Em lágrimas, Thiago Potiguar deixou o gramado indignado e fez uma declaração de amor ao Mecão

por Agência Futebol Interior

Natal, RN, 19 (AFI) - O América-RN caiu para a Série D do Brasileiro ao empatar sem gols com o Remo na última rodada da Série C. Ao fim do jogo, o meia-atacante Thiago Potiguar deu uma entrevista comovente e declarou o seu amor ao Mecão

Em lágrimas, o jogador mostrou desapontamento e um sentimento de culpa em relação ao episódio dramático vivenciado neste final de semana. Ele começou ao chorar ao lembrar da família e disse que daria a própria vida para salvar o time após ver torcedores também chorando.

VEJA O VÍDEO:

"Está aí o resultado. É triste de ver isso. Quando chegar em casa eu vou dizer o que para a minha família? Para a minha filha? É duro demais. A gente trabalha, a gente luta. Se fosse possível, hoje eu teria morrido pelo América-RN. Hoje eu tinha dado a minha vida, se fosse possível aqui para não ver uma tristeza dessa. Fica o sentimento. Vocês não sabem o quanto que eu estou triste. Quando eu chegar em casa, minha filha vai abraçar o quê? Todo mundo vai dizer que eu sou um derrotado", disse o jogador em entrevista ao Esporte Interativo.

Thiago também fez questão de lembrar que o América-RN é o seu 'time de coração'. Inclusive, apontou a tatuagem que fez no braço direito em homenagem ao titulo do Campeonato Potiguar que conquistou com o clube em 2015.

Thiago Potiguar se emocionou após rebaixamento. (Foto: Reprodução / Esporte Interativo)
Thiago Potiguar se emocionou após rebaixamento. (Foto: Reprodução / Esporte Interativo)
"Nunca passei por isso e é marcante na vida da gente. Desculpe por estar chorando, mas é um sentimento que está aqui dentro e se fosse para dar a vida, eu daria hoje. Eu teria morrido pela bola. Eu estou falando isso do fundo do meu coração, porque eu amo o América-RN. Eu sou torcedor, todo mundo sabe e se fosse para dar a vida, eu teria dado", finalizou.

Tradicional clube do Rio Grande do Norte, o Mecão passou a maior parte de sua história entre a Série A (15 participações) e a Série B (24 participações). Em 2016, realizou sua sexta participação na Série C e em 2017 irá disputar a Série D pela primeira vez.