Série D: Vice-presidente do TEC quer foco para subir para Série C

“Fizemos nosso papel e fizemos história. Foi um sonho para nós. Temos um projeto para subir para a Série C"

Após a derrota por 4 a 0 contra o Athletico-PR, o vice-presidente do Tocantinópolis pede foco no Brasileiro Série D

Categorias: Futebol Brasil

Por: Reinaldo Cisterna, 13/05/2022

Vice-Presidente quer foco na Série D
Vice-Presidente quer foco na Série D. (Foto: Divulgação/ Tocantinópolis)

Palmas, TO, 13 (AFI) – Virar a chave da Copa do Brasil e se concentrar no Brasileiro da Série D na busca do objetivo principal que é o acesso à Série C. É desta forma que o vice-presidente do Tocantinópolis, Wagner Novais (Wagner Gordim), espera a partir de agora dos jogadores e da comissão técnica.

Em entrevista ao Programa CBN Tocantins Esportes desta sexta-feira (13), o dirigente mostrou que está bastante otimista com esta possibilidade.

Vice-Presidente quer foco na Série D
Vice-Presidente quer foco na Série D. (Foto: Divulgação/ Tocantinópolis)

SOBRE A COPA DO BRASIL

Segundo ele, sua equipe fez um bom papel na Copa do Brasil sendo eliminada apenas por um clube do patamar da primeira divisão do futebol e brasileiro e um dos cinco melhores clubes do País na atualidade. Mas garante que tudo será feito dentro das possibilidades do clube e com os pés no chão.

“Fizemos nosso papel e fizemos história. Foi um sonho para nós. Temos um projeto para subir para a Série C. Trouxemos o atacante Hiltinho campeão Estadual com a gente em 2021 e vamos trazer mais dois atletas pontuais para reforçar o TEC na Série D”, explicou o dirigente.

PRÓXIMO JOGO DA SÉRIE D

O TEC recebe neste sábado, às 16h, no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis, o Moto Club-MA. A partida será válida pela quinta rodada do Grupo A2 da Quarta Divisão. O time tocantinense ocupa a quinta colocação com cinco pontos, enquanto o Moto Club lidera com nove.

Depois da eliminação na Copa do Brasil para o Athletico Paranaense por 4 a 0, na última terça-feira (10), em Curitiba, o técnico do TEC, Jairo Nascimento foca a partir de agora todas as atenções na Série D. Com uma base que vem utilizando nas competições que vinha disputando (Tocantinense e Copa do Brasil), o treinador não deve ter muitas mudanças no time.

Confira também: