Série D: Conselho aprova e Santo André deve se tornar clube-empresa

O conselheiro frisou ainda que é preciso garantir a sobrevivência do futebol do Santo André. "Temos um clube vitorioso"

O clube informa que não há nenhum negociaçaõ em andamento "Isso será feito sem pressa".

Categorias: Estaduais

Por: Rivail Oliveira, 16/05/2022

san

Santo André, SP, 16 (AFI)  – O Santo André será o próximo clube paulista a se transformar em SAF (Sociedade Anônima do Futebol).  A informação foi dada pelo presidente do Conselho Deliberativo do time do ABC, Celso Luís de Almeida, nas redes sociais da agremiação. Segundo o dirigente foi feita uma assembleia, que por unanimidade autorizou o clube a montar uma SAF que vai gerar uma empresa. Na prática o futebol do Ramalhão passará para a SAF “Isso será feito sem pressa”. A diretoria executiva vai contratar um escritório que vai preparar as regras desse contrato e quais limites que irão funcionar” disse o dirigente.

GARANTIA QUE O CLUBE FICA NA CIDADE

O conselheiro explica que o clube ficará com 10% do total no contrato e isso é uma garantia que o Santo André não sair da cidade, nem mudar nome, camisa e é uma garantia para a instituição. Com a nova SAF, os ativos serão incorporados ao novo Santo André Ltda e serão registrados na CBF e Federação Paulista de Futebol e a marca irá para a nova empresa. Conforme o dirigente, na hora que aparecer um investidor, a diretoria vai definir qual a melhor empresa ou grupo nacional ou estrangeiro e esse dinheiro vai entrar no clube.

O nome desse futuro investidor, só será divulgado, por questão de sigilo, na hora da assinatura do contrato, conforme explicou o dirigente do time do ABC. Segundo ele, todo esse trabalho dependerá de um escritório especializado para que se tenha resultados positivos para o Santo André. Os campos de treinamento seguirão com o clube e a nova SAF vai pagar aluguel e irá investir no local.

META É O BRASILEIRÃO

O conselheiro frisou ainda que é preciso garantir a sobrevivência do clube e do futebol do Santo André. “Temos um clube vitorioso no futebol, mas precisamos de investimentos para que num período curto possamos ter o clube na Série A ou B do Brasileiro e uma base forte”, finalizou.

Confira também: